Delegado Rômulo revela perseguição de político por causa de seu trabalho repressivo

Em tom de irritação o delegado regional Rômulo Vasconcelos falou, em entrevista ao apresentador Veridiano Sousa (TV Palmeira do Norte) sobre perseguição de grupo político à seu trabalho.

Sem citar nomes, o regional referiu-se à um caso onde, segundo ele, o líder político teria ficado insatisfeito com prisões contra alguém ligado à ele.

“Nada pessoal, eu prendo porque o cara tava cometendo crime, ele achava que o cara devia traficar, matar todo mundo em Codó, pistolagem, queria que a Polícia Civil cruzasse os braços, eu não podia fazer isso mesmo ele sendo envolvido com grupo político. Eu não quero nem saber, meu amigo, cometeu o crime eu vou atrás, a gente vai apurar”, afirmou em tom de desabafo.

Veja esta parte da reportagem onde o delegado também fala sobre ataques à sua imagem pela internet.

5 comentários sobre “Delegado Rômulo revela perseguição de político por causa de seu trabalho repressivo”

Deixe um comentário