Divulgada fotos de mais dois suspeitos de sequestro em São Mateus e tentativa de roubo em Coroatá

A polícia civil divulgou ontem (3) a fotografia de mais dois integrantes da quadrilha suspeita de roubar o carro e  sequestrar o dono,  um professor de  São Mateus, e, depois,  tentar assaltar esta joalheria no centro de Coroatá no último domingo. Trata-se de Clenilton Mendes de Sousa, de 29 anos, e Dione  da Silva Cardozo, de 25 anos.

Foto divulgada pela polícia em Coroatá

“O Clenilton há dois meses atrás saiu do presídio de Pedrinhas após cometer um assalto de veículo na cidade de São Luís e o Dione tem um mandado de prisão aqui em Coroatá por assalto, então eles moram em Alto Alegre, mas cometem assalto   em várias cidades aqui da região”, informou o delegado regional Rômulo Vasconcelos

Foi preso em flagrante no dia, por volta das 7h da manhã, pela Polícia Militar, Josenildon Almeida dos Reis, segundo o comandante do pelotão, Tenente Marlon Maiko Martins,  os comparsas dele, perceberam a chegada da viatura e fugiram.

DUPLO BENEFÍCIO

Com a abordagem a Polícia Militar evitou o assalto e ainda deu fim à um sequestro. É que dentro do porta-malas do carro estava um professor que viajaria para Caxias para fazer o concurso da polícia, mas foi assaltado nas primeiras horas do dia em São Mateus. De lá até Coroatá  ele foi trazido amarrado e amordaçado. Após a soltura, contou que o plano dos bandidos era mata-lo após o assalto à joalheria.

“A vítima foi colocada no porta-malas e trazida aqui para a cidade de Coroatá, a intenção deles  era utilizar o veículo para a prática desse assalto e a vítima teria destino incerto, mas nós contamos com a colaboração de informantes e conseguimos desarticular, frustrar estes assaltos”, revelou o tenente

O delegado regional disse também que as tentativas de prisão também recaem sobre dois suspeitos de Coroatá que teriam dado suporte à tentativa de assalto à joalheria.

“Tem dois elementos que participaram aqui de Coroatá fazendo levantamento, estes dois elementos já estão identificados, um desses é de altíssima periculosidade aqui, é assaltante de banco, estamos no encalce deles aí para  tentar  prendê-los o mais rápido possível”, concluiu Vasconcelos

Deixe uma resposta