DROGAS: Pedro Belo diz que o Poder Público abandonou a Casa do Divino Amor

O vereador, Pedro Belo, (PCdoB), cobrou apoio do Poder Público à Casa do Divino Amor, uma iniciativa de Padre Orlando, que trata de pessoas com problemas com álcool e drogas.

A Casa fica na zona rural e, de acordo com Belo, as necessidades começam a partir do falta de reforma da estrada vicinal que leva ao local. Também está faltando poço artesiano e profissionais de saúde para orientar os internos.

“O Poder Público pode auxiliar, ele poderia ajudar na melhoria do caminho de acesso, até mesmo pra facilitar que as famílias cheguem até lá, hoje o acesso não está tão bom, ta ruim pra lá, ou seja, o Poder Público Municipal poderia construir aquele poço, um sistema de água para abastecer aquela casa, o Poder público municipal poderia fazer uma parceria e disponibilizar profissionais, como assistente social, psicóloga”, cobrou Pedro

TÁ FALTANDO BOA VONTADE

O parlamentar sustentou que está faltando boa vontade do governo Cuidando de Nossa Gente, porque nem tudo depende de dinheiro.

“Muitas vezes o dinheiro não é tudo, a boa vontade conta muito mais que o dinheiro, quando você tem boa vontade conta muito mais do que o dinheiro”, asseverou

DEFESA

O líder do governo na Câmara, Leonel Filho, disse que Zito não pode assumir a Casa do Divino Amor sozinho porque senão deixa de ser um trabalho da comunidade, mas ele apresenta sua contribuição todo mês.

“Pelo que eu sei a maior contribuição é do prefeito Zito Rolim, segundo é do grupo FC Oliveira, todo mundo ajuda. Se ele puder ajudar acredito que o prefeito vai ajudar”, disse

João de Deus argumentou que a Câmara não pode tirar da sua dotação recursos para ajudar a Casa do Divino Amor e conclamou os edis a buscarem ajuda, deixando de lado apenas o falatório a respeito do assunto. A mesma coisa fez o vereador Antonio Zaidan.

“E aí eu concordo com o vereador Zaidan para sairmos do falatório e irmos pra prática para vermos o que pode ser feito, juntamente com o Ministério Público”, disse João

Deixe uma resposta