EMPREGO – O efeito ‘safona desgovernada’ no governo de Francisco Nagib

Para justificar que a Prefeitura de Codó não é a responsável pelo desemprego no nosso município o prefeito Francisco Nagib não foi cuidadoso com os números que apresentou numa entrevista concedida ao jornalista Alberto Barros na semana passada.

Usou dados genéricos quando poderia usar de exatidão por se tratar de um assunto por demais melindroso e bastante batido por sua oposição política.

Número de servidores Prefeitura de Codó

Por exemplo, disse que em janeiro recebeu a prefeitura com 3.100 servidores. Na verdade, segundo dados que ele mesmo apresentou na prestação de contas quadrimestral na Câmara, recebeu com 3.584 servidores que receberam pagamentos, naquele mês,  da ordem de R$ 8.805.199,64.

Depois disse que de Janeiro para Fevereiro aumentou 1.300 servidores. Também não é verdadeira a informação. De um mês para o outro ele só aumentou 34 servidores porque em fevereiro o número mostrado por sua equipe era de 3.618 trabalhadores do serviço público municipal.

Na semana passada e já no dia em que recebeu o governador Flávio Dino, Nagib disse, usando microfones, que já aumentou de novo o número de empregos abertos diretamente por seu governo.

Agora é de 5.118 (depois ele mesmo, na entrevista na FCFM deu outra aumentadinha para 5.200). Leia abaixo a transcrição de sua fala na rádio semana passada.

“Em Janeiro o município de Codó tinha 3.100 funcionário entre efetivos, aposentados, toda essa classe de funcionários na Educação, na Saúde, em todos os seguimentos. De Janeiro pra Fevereiro nós estendemos, praticamente, 1.300 funcionários prolongando para, aproximadamente, 4.400 colaboradores, funcionários públicos na gestão mais Avanço, Mais Conquista e  eu posso dizer que hoje, hoje nós temos uma folha de 5.118 (Cinco mil cento e dezoito), 5.200 funcionários do serviço público que estão prontos preparados, qualificados pra levar as políticas públicas em toda a sociedade codoense”

O que eu quero dizer com isso? Que nós tivemos uma avanço de Janeiro, a partir do momento que assumimos o destino até hoje, de, praticamente, 2.000 funcionários a mais. Então, a prefeitura ela não é a responsável pelo desemprego que está acontecendo no município, que está acontecendo no Maranhão e que está acontecendo no Brasil. Nós temos alternativas, planos de ações para tentar gerar emprego àquela pessoa que precisa ter um emprego nem que seja de pedreiro, nem que ‘seje’ de servente numa obra. Nós estamos em Codó num canteiro de obras, você ver numa avenida quantas pessoas não tão trabalhando ‘seje’ pintando porte, ‘seje’ substituindo a iluminação. Você olha a praça de São Sebastião que ficará linda pra população codoense, você olha quantas pessoas trabalhando”

SANFONA DESGOVERNADA

Nagib, além de descuidado com os números quando se pronuncia, mostra um descontrole das contas públicas de seu governo no intuito de agradar não se sabe à quem (talvez à oposição, com tanto sobe e desce de contratações).

Por que estou dizendo isso?

Porque o governo contrata, demite, contrata de novo, demite  e só quem é penalizado com isso são os demitidos com suas famílias, obviamente, e o cofre do Tesouro Municipal que fica atolado até o nariz só com folha de pagamento.

Senão Vejamos.

Nagib recebeu o governo com 3.584 servidores. Em abril este número já era de 4.824 funcionários.

Entre abril e agosto, criou um senhor de DIMENSIONAMENTO GERAL DO MUNICÍPIO e mandou pra casa 154 vigias, zeladoras e agentes administrativos contratados. Foi um fuzuê danado, a oposição aumentou o número dezenas de vezes e mesmo assim ele não aprendeu a lição.

DEMITIDOS após abril de 2017

Agora reaparece com a história de que não temos mais só 4.824 (que consumiam do município R$ 11.525.191,35 só em Folha de Pagamento), nós temos agora é 5.118 servidores diretos na Prefeitura de Codó.

Por que demitir então?

O secretário Ivaldo José da Silva explicou, na rádio também,  que era gente demais no lugar errado ou sem necessidade.

E o que os demitidos têm a ver com o erro de contratação de gente demais para o  lugar errado? Nada, mas a taboca rachou nas costas desta gente.

QUANDO A FESTA ACABAR

Só sabemos que o som desafinado desta safona desgovernada vai fazer dançar alguém num futuro bem próximo e ‘ai’ do Nagib se não fosse o intuito eleitoral do nosso governador que passou metade de seu governo dando as costas para Codó e agora resolveu fazer uma ‘gracinha’ (que bom né, ao menos isso).

Com a folha de pagamento que tem, Nagib não vai conseguir comprar uma seringa para o HGM, por exemplo,  e quando as tais emendas que estão chovendo agora enviadas por  deputados interessados em nossos votos acabarem ele vai acordar e ver que encher a prefeitura de gente não põe fim ao desemprego em município nenhum – pelo contrário, alimenta 5.118 cidadãos (no  caso de Codó ) e lasca com o resto da população que precisa de saúde pública, educação e de outros investimentos, entre os quais aqueles que, realmente, criam vagas de trabalho fora da prefeitura.

Deus Salve a América

16 comentários sobre “EMPREGO – O efeito ‘safona desgovernada’ no governo de Francisco Nagib”

  1. Para funcionar, a máquina pública precisa de pessoas nas áreas da saúde, educação, limpeza, assistência social, isso é importante porque gera emprego, porém essa não é sua finalidade maior. A prefeitura precisa criar condições favoráveis para atrair bons investimentos ao município e, que estes, resultem na geração de emprego, renda e dividendos, assim poderá atingir o objetivo maior da máquina pública que é proporcionar satisfação social(oferta de serviços públicos de qualidade a todos). O prefeito nunca apresentou o plano de desenvolvimento do Município. Lembro que em um do seus discursos e/ou entrevistas falou ser do mesmo partido político do secretário estadual de indústria e, isso era muito bom. Independente disso, a prefeitura pode e DEVE aplicar suas políticas para geração de renda, seja no incentivo a agricultura familiar, ou no fomento aos pequenos empreendimentos. Porque para um Município crescer uma “folha inchada” não é a melhor saída.

    1. Acho que realmente estou ficando caduco. Reclamam que o Prefeito está demitindo e baixando salário e agora vem este sabido idiota dizendo que a folha está inchada.Inchada está a tua bunda abestado.

  2. Rapaz, mal chego no Codó Véi de Açúcar e já encontro uma “bomba” daquelas! Com a licença para tratamento de saúde do secretário de Desenvolvimento , o “filho-….” achou que assumiria a pasta com plenos poderes. Ledo engano! O irmão do prefeito foi designado para acompanhar de perto os trabalhos da secretária. Meu amigo, a “bagaceira” que ele descobriu por lá ! Por conta disso, dizem até que o titular será exonerado do cargo. Vixe!

  3. Rapaz eu tava um tempo sem dar uma volta pela cidade, mas vou te dizer o homem tá sabendo contratar bacana as empresas que fazem as placas viu. Pense numa cidade que tem placa de mais avanço mais conquista. A gente só não vê os avanços no município, mas placa é uma maior que a outra, parece até outdoor. Agora tem uma em frente ao posto dele que os pedestres tem que ir pra avenida! Não era ele que ia normatizar a utilização do espaço público?

  4. kkkkkkkkkk esse “seje” foi do prefeito? Esse Codó aparece cada uma, talvez esse desemprego na nossa cidade “seje” culpa da população que votou errado…
    “seje” nunca mais kkkkkkkkkk

  5. Grande Socorro. Pelos dizeres parece que calça botas. Deve ser binezista. Bota na tua cabeça cara de p que o Danone vai deixar nome na história do Codó como melhor de todos os tempos. Aconte e que muita gente estava acostumada com as mamárias e ele está acabando com essa vagabundagem. E a pura verdade.

  6. Alô Vereadores, Associações e população em geral, que tal exigir mais transparência e politicas de geração de emprego ao atual prefeito (e antigo também) de Codó?

  7. Depois que este cidadão se elegeu o comércio de Codó parou! Faltou dinheiro, ninguém compra, ninguém vende, falo isso com propriedade, sou microempresário e sinto o reflexo desse governo na pele.

  8. Bem, em Codó só se fala que o município só demite e reduz salários, esses empregados na prefeitura é de onde mesmos, pelo que sei o prefeito reduzio 3.000.000,00 de despesas com folha de pagamento e etc.(foi o que ele mesmo falou), o povo da prefeitura ganhava muito para não fazer nada(palavras de alguém do grupo do prefeito)

  9. BEM FICO A PENSAR COMO O Sr. PREFEITO E SEU SECRETÁRIO DE FINANÇAS PENSAM QUE OS CODOENSES SÃO BURROS OU ANALFABETOS, VIVE FALANDO QUE A FOLHA AUMENTOU, AUMENTOU E NINGUÉM ENTENDE COMO ISTO ACONTECE, POIS ZITO(QUE NÃO TEM ELEITORES TEM AMIGOS) TINHA 1/3 A MAIS DE FUNCIONÁRIOS EM SEU GOVERNO E SEMPRE PAGOU EM DIAS……..
    QUERIDOS LEITORES ELE ESTÁ COMPARANDO A FOLHA DO INÍCIO DE SEU GOVERNO EM JANEIRO ONDE PEGOU A FOLHA COM O MÍNIMO POSSÍVEL POIS QUASE TODOS OS CONTRATADOS EXCETO VIGILANTES TINHAM SIDO DEMITIDOS, ENTÃO MEUS AMIGOS DIZER QUE A FOLHA AUMENTOU FICA QUERENDO PASSAR PARA A POPULAÇÃO QUE TEM FUNCIONÁRIO DE MAIS, MAS É UM ENGANO, ELE TEM QUE COMPARAR É A FOLHA DE DEZEMBRO DE 2016 DO GOVERNO DE ZITO E A FOLHA ATUAL DE SEU GOVERNO, QUE VEREMOS 1/3 A MENOS DE FUNCIONÁRIOS CONTRATADOS SE COMPARADO AO DEZEMBRO DO GOVERNO DE ZITO, NEM TODOS SÃO LEIGOS A ESTE TEMA …. FICA ESTE ESCLARECIMENTO AOS CODOENSES. ESTE É O GOVERNO QUE NOS ÚLTIMOS 20 ANOS TEM MENOS CONTRATOS PROPORCIONAL AOS RECURSOS. ALGUÉM RESPONDE A RAZÃO…..

Deixe um comentário