Empresas de telefonia já são maioria das reclamações no PROCON/Codó

Seu  José Bertoldo Alves  começou a notar um desconto em sua aposentadoria surgido repentinamente. Descobriu que se trata de um seguro que ele não autorizou, sabendo do funcionamento do Procon na Av. Henrique Figueiredo, centro, procurou o órgão imediatamente para ver-se livre do desconto irregular.

‘Descontando R$ 34,00 todo mês…JÁ HÁ QUANTO TEMPO? Desde junho, fizeram, pegaram uma seguradora, que isso é do banco e eles pegaram e tão tirando esse dinheiro, sem  dúvida botaram eu pra assinar ao menos botar eu pra assinar, sem eu ver”, explicou

TELEFONIA NA MIRA DO CONSUMIDOR

De 26 de novembro até agora já são 53 reclamações protocoladas  na chama Casa do Consumidor. Tem contra lojas, supermercados, mas a maioria é contra empresas de telefonia fixa e móvel.

Entre elas, TIM, OI e CLARO (nesta sequência).

“Geralmente ou é uma conta que elas estão cobrando a mais ou é um serviço que não está sendo prestado direito (…) O PROCEDIMENTO é quando a empresa é cadastrada no sistema a gente envia o e-mail, aí são 15 dias úteis para responderem, quando não são cadastrados no sistema são 45 dias para enviarem a resposta porque vai via Correios, aí demora mesmo”,  explicou Dra. Julianne de Oliveira Chagas – advogada PROCON/Codó

O aposentado  Edmilson de Jesus Almeida está desde fevereiro com o telefone residencial dele mudo, mas nunca parou de pagar cerca de  R$ 45,00 mensalmente pela linha que não quer perder. Foi  oficializar a reclamação para solucionar o problema, na semana passada.

 “Não aguento  mais não porque e venho pagando todo tempo, venho pagando, não deixei porque eu não quero perder minha linha, foi um trabalho danado pra consegui essa linha, quando consegui veio esse problema”, disse

PICO EM JANEIRO

A  média de denúncias  ainda está em ritmo lento na opinião da advogada responsável, mas já se espera uma expressiva mudança para o mês de janeiro.

Em janeiro deve aumentar esse número por causa das compras de Natal, as pessoas tão comprando bastante, em janeiro, com certeza,  vai aumentar essa demanda”, disse a advogada

 ALTERAÇÃO

O Procon de Codó está atendendo das 8h às 12h até o fim de dezembro. A partir de Janeiro este horário será ampliado em 2h, ou seja, será das 8h às 14h para atender a demanda.

Um comentário sobre “Empresas de telefonia já são maioria das reclamações no PROCON/Codó”

  1. O atendimento será intensificado a partir de janeiro quando o novo Diretor estadual Dr Duarte Jr assumir a pasta no Estado juntamente com o Dr Tomé Mota em Codó que irá somar esforços para a ampla divulgação do Procon Estadual de Codó e suas funções!

    Mais funcionários e técnicos do Direito deverão compor o Procon sob a gerência de Dr Tomé Mota, por merecimento e competência.

Deixe uma resposta