HEMONÚCLEO de Codó intensifica a partir de hoje coleta de sangue

As doações começaram a ser coletadas no prédio do Hemonúcelo, que fica nos fundos do CAM,  em  20 de junho de 2012. Desde então, houve avanços.

Agora existem  equipamentos que  estão possibilitando que a separação dos chamados hemocomponentes do sangue seja realizada aqui mesmo em Codó e não em Caxias como antes.

O biomédico Luis Felipe Barros explicou que isso significa muito, principalmente, no que diz respeito a ganhar tempo.

“Além da doação, que a coleta é feita aqui, aí nós separamos os hemocomponentes entre o concentrado de hemácias e o plasma…ANTES ISSO ERA FEITO EM CAXIAS? Sim, antes era feito em Caxias (…) é um avanço no tempo porque a sorologia é feita em São Luís, libera e a gente, automaticamente, libera pros hospitais”, disse Dr. Luis Felipe

A LUTA POR DOADORES

Avanços tecnológicos, mas a luta por doadores continua, esta  com crescimentos mais tímidos.

De janeiro a novembro deste ano,  1.197 bolsas foram coletadas, algo em torno de 10% a 20%  mais que no ano passado.

Codó abastece, além do seu próprio hospital geral, as cidades de Timbiras, Coroatá, Peritoró e Alto Alegre do Maranhão por isso tem uma grande necessidade de doares que acaba sendo dobrada agora em dezembro.

A coordenadora  Sidneyde Duailibe mostrou que só  54 bolsas de sangue foram coletadas até agora no mês  dezembro e para aumentar isso o hemonúcleo  vai participar de uma campanha de incentivo à doações que começará nesta segunda-feira (15) indo até o dia 20.

 “Então a partir do dia 15 nós estaremos atendendo essa demanda e nesse momento a pessoa que vier doar receberá um comprovante de doação que lhe dará o direito de tá participando, como forma de agradecimento, brindes, tudo que tem direito nesse dia de ação que será realizado no dia 20…CONSULTAS MÉDICAS? Consultas médicas, as crianças vão ter lazer, pula-pula, consultas, lanches”, explicou a assistente social

 DETALHES

 A campanha Iluminando Vidas foi idealizada popr uma enfermeira (Poliana) e a intenção é coletar 300 bolsas de sangue no período. No dia do encerramento, 20 de dezembro, sábado, quem doar vai poder participar, no prédio da escola Ananias Murad, de um dia de ação social com consultas médicas, serviços de beleza e diversão para os filhos dos doadores, além de lanches.

Deixe uma resposta