ESCURIDÃO CARA – Codoense paga mas não tem iluminação pública

A cidade está melhor iluminada, não há o que se contestar, mas isso nem de longe significa dizer que não existem mais problemas de iluminação pública dentro de Codó.

Esta semana já tratamos do caso da VILA HILDEMBERG.

Nesta postagem queremos apenas destacar a situação da dona de casa Fabiana Santana que, como muitos codoenses, tem conta de luz à pagar mensalmente sem ter o direito ao que paga.

Fabiana prova que paga mas vive na escuridão
Fabiana prova que paga mas vive na escuridão

Para ter luz nos postes próximo à sua casa ela é obrigada a desembolsar todo mês mais de R$ 8, mas não é o que acontece.

“Por se a gente paga iluminação pública  é pra ter, nós paga, aqui todo mundo paga, se você somar quanto é que não de iluminação pública de cada pessoa que paga, durante um ano, já pensou, tanto dinheiro desperdiçado pra nada porque eles não resolvem nada”, desabafou indignada

Tá na hora da Secretaria de Serviços Públicos parar de prometer e, realmente, fornecer iluminação pública aos cidadãos desta sofrida Vila.

Um comentário sobre “ESCURIDÃO CARA – Codoense paga mas não tem iluminação pública”

  1. Pingback: Em constraste com Vila Hildemberg estrutura do Tsunami tem luz de sobra | Blog do Acélio

Deixe uma resposta