Fogo destrói salas do Complexo René Bayma

Um incêndio misterioso surgiu repetinamente hoje por volta das 11h da manhã no Complexo René Bayma, escola da rede estadual. Quem apagou foram pais, alunos e vizinhos do colégio como seu Antonio José Serra.

“Foi a comunidade mesmo …POR QUE O SENHOR RESOLVEU AJUDAR?  Rapaz porque o colégio ai faz medo até as casas vizinhas aí tudo…AÍ NÃO DAVA PRA FICAR PARADO? Não dava não’, disse

Com escadas e  baldes de água  subiram no  telhado apagando o incêndio que, segundo o diretor Ribamar Melo, pode ter sido causado por  um curto circuito uma vez que a última reforma geral pela qual passou o Complexo René Bayma aconteceu  a 24 anos.

 “Nós já pedimos essa reforma, esse reparo da rede elétrica, que inclusive o governo já acenou pra essa possiblidade, mas, infelizmente, ainda não fomos contemplados ainda…EM QUE ANO NÓS TIVEMOS A ÚLTIMA REFORMA AQUI NO RENÉ BAYMA? Reforma geral mesmo foi em 1992”, afirmou

O  fogo ainda avançou destruindo duas salas, uma só com carteiras que estava desativada e a do laboratório de química.

Quando já estava controlado, finalmente, o grupamento anti-incêndio da Guarda Municipal apareceu com o carro-pipa da prefeitura. O equipamento cheio de furos dificultou o trabalho dos guardas e deu razão à reclamação de alunas como Nathália Rodrigues da Silva.

“Depois que a gente passou pelo sufoco que chegou o carro-pipa então não adiantou de nada porque o fogo a gente já apagou, os alunos e os moradores que moram aqui perto, então não adiantou de nada porque isso foi uma negligência dos órgãos públicos e dos órgãos que poderiam vir nos ajudar”, reclamou a estudante

O comandante da Guarda, José Fernandes, justificou o atraso com o problema da falta de um carro-pipa disponível especificamente para o combate à incêndios.

 “Como o incêndio não tem dia nem hora marcada pegou no contra-tempo, teve essa demora, os populares fizeram o combate aí, do jeito que eles puderam, até arriscando a vida (…) e a gente tá aqui agora pra fazer o rescaldo pra que não aconteça, que se propague mais”, argumentou

11 comentários sobre “Fogo destrói salas do Complexo René Bayma”

  1. FALTA DE VERGONHA!!! CODÓ NÃO TEM UM CORPO DE BOMBEIROS… PELO TAMANHO E DIMENSÃO DA POPULAÇÃO CODOENSE… ATÉ QUANDO… NÓS IREMOS NOS DEPARAR COM TAIS SITUAÇÕES ADVERSAS OCORRIDAS?!!

  2. Codó uma cidade de 120 anos e um município com cerca de 120.000 habitantes e num caso desses ainda refém da intervenção, solidariedade e exposição ao risco da própria população pra evitar o pior. Já estar mais do que na hora da comunidade cobrar das autoridades a implantação de uma equipe de bombeiros militar em nosso município.

  3. A estudante, abordada pela reportagem do blog, toda razão quando fala “é negligência dos órgãos públicos” só faltou elencar os órgãos. Mas vou relaciona-los aqui. 1) Seduc/governo do estado que simplesmente ignoram as reformas de Codó. Na mesma situação do Renê Bayma, tem várias.2)Batalhão de corpo de bombeiros do Maranhão órgão tbm do governo do estado: pois esse órgão tem o terreno que foi cedido pelo Municipio, pra construção da unidade em nossa cidade, onde seu comandante em uma visita por aqui, disse não saber da existência do terreno. Sendo que esse mesmo órgão fez a compra ainda no governo Roseana de um auto bomba tanque que por sua vez foi parar em Açailândia.3)A prefeitura que não oferece as condições mínimas pra que os guardas guarda municipais desenvolvam um trabalho satisfatório contra os constantes incêndios que aqui acontecem. Vou enumerar tbm alguns agentes públicos:1) vereadores pela omissão para com tais problemas. 2) Os deputados que aqui foram votados,a saber: Glaubert Cutrim, Nina Melo, Andréa Murad, Fábio Macedo e outros.. que não têm a decência de enviar um centavo de emenda parlamentar para construção do somhado e necessário Corpo de Bombeiros de Codó. Fica a pergunta. Ainda quantos incêndios/tragédias terão de acontecer pra alguém tomar uma atitude resolutiva?!

  4. Sobre o fato ocorrido hoje na Escola Renê Beyma, que Graças a Deus, não vitimou nenhum estudante ou funcionário, eu como Guarda Municipal e também cidadão morador de Codó, lastimo a falta de um destacamento do corpo de Bombeiros Militar do Maranhão em nossa cidade.
    Nos foi dado um treinamento de brigadista e de combate a incêndio pelo Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, no qual nos deram o treinamento suficiente para empregarmos os primeiros combates em caso de incêndios urbanos/florestal, e a quatro anos foi adquirida pelo poder público Municipal uma “motobomba”, e alguns equipamentos nos foram doados pelo Corpo de Bombeiros, os quais são utilizados pela Guarda Municipal de Codó para este tipo de ocorrência sempre que nos é solicitado, entretanto, sabemos que todos os equipamentos tem um tempo útil de vida, e no caso das mangueiras com furos, não é diferente, deveria ter havido uma reposição desses equipamentos para que pudéssemos cumprir com o dever a nós atribuído com eficácia, também deveríamos ter para um pronto atendimento, um caminhão pipa com total disponibilidade a este fim, pois nunca sabemos quando e onde haverá uma ocorrência de incêndio.
    Embora a população tenha direito de receber um socorro imediato em uma situação tão inesperada e caótica, a Guarda Municipal infelizmente não dispõe de recursos suficientes para esse serviço, dentre outros que gostaríamos de cumprir com o nosso dever, mas não conseguimos por falta de recursos, como em muitas vezes uma simples ronda na cidade que deixamos de fazer por não termos combustível para nossas viaturas.
    Esperamos que a segurança pública no âmbito municipal na gestão vindoura tenha mais atenção para esta Instituição de defesa tão importante para o município e nos dê a possibilidade de prestarmos o atendimento que nossa sociedade necessita e merece.

  5. Verdade o que nayara disse, quem apagou o fogo, foram os proprios alunos e a população, pessoas vizinhas, amigos de bom coracao que se comoveram com a situacao, esses sim, sao os super herois. Teve pessoas de ruas distante da escola que vinheram com seu balde cheio de agua, e foi de balde em balde que conseguimos apagar, eu quero agradecer de coracao a essas pessoa que deram a sua contribuição. So pra lembrar aqui, que todos os incendios que acontecem na cidade, os bombeiros que apagam o fogo, chama-se(população) ajuda comunitária. Entao foram essas pessoas que evitaram o pior, uma desgraça, pode-se dizer, salvaram as pessoas da morte… Mais uma vez, parabens aos nossos super herois vizinhos que temos….

  6. BOMBEIROS? CADE O RICARDINHO ARCHER QUE DISSE A 4 ANOS QUE IRIA TRAZER UMA EQUIPE DE BOMBEIROS PRA CODO. BLA..BLA..BLA IGUALZINHO O CESAR PIRES DEP. BLA BLA BLA. DEPOIS QUEREM OS VOTOS DOS CODOENSES. VÃO SE CATAR CAMBADA DE ……

  7. o engraçado foi que o carro pipa passou mas de 2 horas pra chegar, 1 chegou os guardas com as mangueiras furadas ai depois chegou o carro pipa pq ainda foi abastecer com água e o motorista estava em casa pois segundo ele so recebe pela prefeitura e o prefeito sabe e o secretario também, era melhor ter chamando os bombeiros de caxias que levaria só 1 hora,eita codo de muro baixo fora prefeito zito.

  8. Eita lasqueira. Pior ainda é a população que corria sério risco até de levar um choque apagando fogo com agua já que foi um curto circuito. Codó deveria ter um corpo de bombeiros mesmo, até pra fiscalizar e cobrar extintores em alguns lugares.

  9. Aqui em Codó tudo é a Guarda Municipal e o povo ainda diz a eles não fazem nada e eu não sei pra que q povo ainda solícita eles já q os guarda não serve!pense um dia Codó sem a Guarda Aff!!não quero nem imagina isso.

Deixe um comentário