GUERRA DE FACÇÕES – Delegado explica sobre homem assassinado por engano no bairro Santa Teresinha

FRANCISCO DA SILVA Santos, tinha 39 anos de idade, foi assassinado de maneira violenta por engano no bairro Santa Teresinha.

 A investigação mostra que dois homens chegaram à casa da vítima dizendo que eram da polícia, quando ela abriu a porta foi atingido com um disparo de arma de fogo e morreu na hora. Depois o delegado que preside o inquérito descobriu a vítima era pra ser outra.

“Ao abrir a porta eles efetuaram de arma de fogo contra este senhor na região da cabeça, senhor caiu no chão, viram que não era a pessoa que eles estavam procurando, eles estavam procurando o BIEL, entraram na casa, vasculharam toda a casa pra ver se localizava o Biel não localizaram, saíram da casa, numa Broz, essa moto foi abandonada , essa moto tá aqui, foi furtada ontem na igreja de São Sebastião, eles furtaram a mto pra fazer só esse crime”, disse o delegado ao repórter Amaral Júnior

O assassinato por engano tem a ver com vingança, segundo a polícia. Uma retaliação contra a morte recente destes  dois irmãos, mortos a pauladas e a pedradas,  no Codó Novo.

‘é UMA briga de facções rivais de duas ruas do bairro Codó Novo (…) mas já tem vários nomes de pessoas envolvidas que estavam no duplo homicídio do faísca e fumaça então é uma coisa levando a outra, dizem que ele tem uma lista de pessoas pra executar, vamos agir rápido pra evitar mais uma morte ali no bairro Codó Novo’

Deixe uma resposta