Idelfonso Barros relata sua luta e decepção pelo Procon de Codó

Faz 20 anos que existe uma lei de instalação do Procon Municipal de Codó. O empresário e ex-vereador, Idelfonso Barros, foi quem iniciou esta luta de duas décadas. Em comentário de reportagem produzida pelo advogado Tomé Mota, a respeito do asunto, o ex-parlamentar relatou sua batalha e decepção, lei abaixo:

……………………………………………………………………….

Meu caro jornalista, no meu primeiro mandato de vereador, levei técnicos da Prefeitura para São Luis para serem treinados e concretizar a instalação do Procom em Codó, foi feito treinamento e na hora de instalar a prefeitura tinha que alugar o imóvel e comprar os equipamentos terminou o meu mandato e nada.

No segundo mandato eu trouxe a coordenadora estadual, nos reunimos com o prefeito e foi colocado a disposição do Procon, o Advogado Dr. Ribamar Carvalho, Jean Barros e outro funcináriosda Sec. de Obras a disposição.

Fomos com a coordenação estadual, procurar local para instalar o órgão de defesa do consumidor e procurar os equipamentos necessários e terminei meu segundo mandato e a prefeitura treinou os funcionários e não assumiu os custos de aluguel e compra de equipamentos, e este, é um dos inúmeros episódios, que me fez nunca mais me candidatar a cargo eletivo.

Com fé em nosso senhor meu infinitamente bom DEUS. Abraços a todos os codoenses e parabéns pelo veículo de comunicação.

Um comentário sobre “Idelfonso Barros relata sua luta e decepção pelo Procon de Codó”

  1. TEM um Projeto do Governo do Estado Maranhão.Convênio com a prefeitura de Codó Para a Instalação do PROCON em Codó,Inclusive Já Assinado Entre as Partes,Vamos Aguardar.

Deixe uma resposta