Jogando baralho no DMTRANS agentes completam mais de um mês fora de atividade

no pátio do DMTRANS

Os estacionamentos continuam em desordem. Na rua de maior movimentação da cidade, a Afonso Pena, as motos estão onde não deveriam, enquanto isso os motoristas sofrem para conseguir uma vaga dentro do espaço que para os carros fora reservado.

Difícil não reclamar diante da situação, afirmou ao blog a enfermeira Jocelma Arcanjo, com quem conversamos enquanto ela tentava estacionar seu carro.

fica difícil, o trânsito aqui é muito desorganizado, tem que dá mais uma melhorada…DEVERIA MELHORAR NO QUÊ? Na organização do próprio estacionamento mesmo, a organização do trânsito”, respondeu

Os condutores também estão abusando da liberdade – tem crianças abaixo da idade permitida sendo transportadas, passageiros em número excessivo nas motos e falta de equipamentos de segurança.

DESDE 23 DE JANEIRO

Desde o dia 23 de janeiro não se ver um agente de trânsito nas ruas de Codó. Eles continuam fora de atividade esperando o atendimento de uma reivindicação que fizeram ao governo municipal. Alguns jogam baralho, outros lêem algo para passar o tempo, jogam conversa fora.

Os agentes estão no pátio do Departamento Municipal de Trânsito de onde saem apenas após o horário de trabalho previsto em cada escala. Hélio Pereira afirmou que a paralisação continua até que o governo Cuidando de Nossa Gente se manifeste.

A paralisação continua pelo mesmo motivo, nós estamos aguardando o fardamento chegar e o material para o nosso trabalho (…) Por enquanto nós continuamos a disposição do departamento, aguardando o procedimento do gestor”, disse Hélio

O governo informou que os blocos de notificação das infrações, assim como fardamento, já foram encomendados, mas não deu previsão de entrega.

Deixe um comentário