Maranhão disputa três finais nas modalidades coletivas da etapa infanto dos Jogos Escolares da Juventude

A Delegação do Maranhão, apoiada pelo governo estadual, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), conquistou um feito histórico nos Jogos Escolares da Juventude – JEJ 2016, que estão sendo realizados em João Pessoa/PB. Pela primeira vez, o estado disputa três finais nas modalidades coletivas da etapa infanto (15 a 17 anos), sendo duas no handebol e uma no voleibol, nas categorias feminino e masculino.

Foto de Jean Monteiro
Foto de Jean Monteiro

Em busca de uma vaga na final dos JEJ 2016, as alunas-atletas do Liceu Maranhense venceram as meninas do Distrito Federal por 19 a 17 gols. Em seguida, com muito jogo de cintura os meninos do Liceu também superaram o time do Rio Grande do Norte e saíram do jogo com oito pontos de diferença no placar: 24 a 16 gols. As duas equipes de handebol se destacaram e disputam a grande final dos Jogos Escolares.

“Treinamos bastante e alcançamos o nosso objetivo: tirar o Maranhão da terceira divisão e garantir uma vaga na final. Vamos em busca do ouro com a mesma garra que competimos todos os jogos, desde as etapas classificatórias até aqui. Estamos prontas para enfrentar mais uma equipe adversária”, afirmou a estudante Bianca Rodrigues, 17 anos, que participa pela última vez da etapa nacional dos JEJ.

Pelo voleibol, os atletas da escola Rui Barbosa, do município de Imperatriz, derrotaram, por 3 a 0, o time de Alagoas, favorito entre as equipes dessa modalidade, e conseguiram a classificação para a final. As meninas da Unidade de Ensino Vale do Aço (Unevale), de Imperatriz, não conseguiram avançar no jogo contra o Amazonas e perderam de 3 a 0. Ainda assim, as representantes do Maranhão vão disputar o terceiro lugar na final do vôlei.

“O jogo de hoje foi muito bom. Depois de dois anos colocamos novamente o Maranhão na primeira divisão dos JEJ. Mostramos bons resultados durante a realização dos Jogos Escolares, agora queremos uma medalha e vamos lutar por isso. O Maranhão tem uma forte equipe no voleibol masculino, os adversários que se cuidem”, alertou Marcos Nogueira, 15 anos, do Rui Barbosa.

FONTE: SEDEL

Deixe um comentário