Moradores da Pedro Álvares Cabral temem ser engolidos por buraco

Quem passa pela Pedro Álvares Cabral, no bairro São Francisco, não tem dúvidas.

“Precisando muito de serviço, essa rua aqui tá muita feia (…) Botar o asfalto aqui, capinar…O MÍNIMO? É, o mínimo que ele  podia fazer”, disse dona Maria da Natividade Sousa Silva.

O mínimo, do necessário. Para seu Jerson Batista, um dos primeiros moradores desta via pública, a sensação é de abandono.

 “Aqui é um capoeira…E O MORADOR, COMO SE SENTE? Abandonado sim, tanto do mato quanto dos buracos”

A água da chuva está aumentando a cada dia uma erosão no meio da rua e  já está difícil até para quem usa bicicletas, como reclamou seu Raimundo Nonato dos Santos que passava na hora desta reportagem empurrando sua bike.

Rua Pedro Álvares Cabral

“A bicicleta é porque não tem por onde a gente andar, tem que andar por riba das calçadas, aí fica meio difícil…E SE NÃO PRESTAR ATENÇÃO? Cai, muito”

Edna Mota sofreu um acidente de moto quando o buraco da rua ainda nem estava tão preocupante assim.

 “E a moto derrapou, o buraco estava muito grande e ela caiu assim eu cai por cima dela, ela teve que ir pro hospital, graças a Deus só teve ferimentos leves …ELE ERA MENOR À ÉPOCA? Ele era menor, eu acredito que se fosse do tamanho que está agora seria bem pior…TÁ NA HORA DE RESOLVER ISSO AQUI? Eu acho que já passou da hora”, contou-nos a assistente administrativo

Os moradores cobram da prefeitura medidas urgentes, querem o fim do mato e dos buracos na Pedro Álvares Cabral.

“Tá péssima porque o pessoal não liga pra cá, buraco aqui, lá na minha porta tem um buraco que cabe um carro dentro, aqui já aconteceu acidente, carro já atolou aqui, caminhão a gente quer ajeitar a rua porque a gente não suporta mais isso na nossa rua”, pediu Adriano Silva Carvalho

O secretário Roberto Albuquerque da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Rural informou que a rua em questão não está no cronograma de reforma, por enquanto.

Um comentário sobre “Moradores da Pedro Álvares Cabral temem ser engolidos por buraco”

Deixe uma resposta