Nação Vermelha encanta Codó Novo e mostra que pode transformar Tsunami Verde em ‘pororoca do Mearim’

Confesso que após uma cirurgia no braço esquerdo, ainda que pequena, não me contive no repouso recomendado pelo cirurgião e rumei para o Codó Novo para ver do que Biné e Hildemberg seriam capazes depois do famoso e, até então, incontestável Tsunami Verde de Zito Rolim e Guilherme Archer.

E ‘pornun-é’ que o homem do PDT conseguiu mais uma de suas façanhas políticas.

Cheguei quando o Sol já tinha ido, praticamente, daí as imagens do celular já na penumbra da sexta-feira, 3 de agosto. Posicionei-me de forma que pegaria o início da caminhada e o seu fim.

‘NAÇÃO VERMELHA’

Douglas Almeida abria alas pelas ruas do Codó Novo, logo atrás um minitrio com a poderosa voz do companheiro Big Álex, sempre muito competente em sua animação. Atrás, a multidão a pé, de bicicleta, de moto e em carros de passeio (no final também tinha paus-de-arara).

Alguém logo tratou de dizer-me “isso aqui não é arrastão não viu Acélio, é só uma caminhada”. Outro sugeriu o nome para a caminhada “NAÇÃO VERMELHA” numa alusão a cor mais forte do PDT, assim vai ficar.

ABRAÇO ARROCHADO

Com tanta gente no pique do reggae do 12, tinha candidato a vereador que era só alegria. Ao ver-me, Pedro Belo, por exemplo, me deu um abraço tão forte que até hoje tenho procurado onde foram parar todas as pedras que tinham nos meus rins (fui levantado pelo meio, pense numa dor. Na hora só pensei em voltar a respirar e no braço operado).

OPINIÃO

Sinceramente, não achei que Biné teria a capacidade de fazer aquilo no Codó Novo, não depois do que fez Zito na semana passada, mas ele fez e o vídeo do blogdoacelio está aí para que nossos leitores possam fazer seu próprio juízo.

Acho que a Data Mérita é a pesquisa mais próximo do real, depois do que vi. A proximidade dos números entre Zito, Biné e Francisco Nagib mostrou-se presente na caminhada de ontem no Codó Novo. Difícil cantar vitória há dois meses da eleição , impossível até, como abria tal possibilidade a primeira pesquisa.

Zito precisa manter-se ou, de preferência, aumentar largamente a diferença, pois Biné está, literalmente, fungando no cangote dele sem querer cheirá-lo, é claro, o negócio é o cargo maior do Executivo Municipal.

O crescimento de Francisco Nagib também é outra preocupação que deve estar entre aqueles que fazem a campanha do atual prefeito. O jovem vem embalado pela menor rejeição, segundo a Data Mérita, entre os três com maior probabilidade de se eleger prefeito.

A Nação Vermelha, sobretudo, mostrou no Codó Novo que é hora de botar a barba verde de molho.

Deixe uma resposta