Obra de creche abandonada vira roça com milho, feijão e quiabo

A situação da que seria mais uma creche PRO-INFÂNCIA no município de Codó (aqui apelidada de Centro Municipal de Educação Infantil), localizada próximo ao matadouro público municipal  e à outra obra em andamento desde 2012 (que é o posto de saúde da Vila Fomento) é de abandono.

Ela andou bastante, mas parou, segundo a alegação que o município anda apresentando, na falta de repasse do dinheiro para conclusão por parte do Governo Federal. Neste intervalo, enorme, alguém se achou no direito de transformar a frente da obra numa lavoura típica dos quintais rurais codoenses e, consequentemente,  nordestinos.

No local, como mostra o vídeo abaixo, foi plantando milho, que está em maior quantidade, feijão e até quiabo. O milho já foi colhido em parte. A prefeitura ainda não se manifestou a respeito de quando a obra será concluída.

6 comentários sobre “Obra de creche abandonada vira roça com milho, feijão e quiabo”

  1. Que pena! Que os invejosos; ficam mostrando obras, que foram conveniados, e houve cortes, não só em codo, mas em todo Brasil. E, não mostram as creches padrão MEC que foram inauguradas. Os bons salários os concursos 100% legais. Então, veremos os baixos salários, as perseguições, os carros com remédios presos, vocês acham que o povo tem memória curta?

  2. JDU,procure se informar melhor,secretaria de educação não constrói e sim a de obras e a de infraestrutura aqui em Codó.procure o Márcio Esmero que ele informa melhor. Abraços.

Deixe um comentário