OUÇA A DELEGADA – Acusado de extorquir ex-namorada virtual queria mais R$ 1.300,00 nesta quarta-feira

De acordo com a delegada da Mulher, Dra. Maria Tecla Cunha, o homem   iniciou um namoro  virtual com a vítima, que teve sua identidade preservada, no dia 12 de julho deste ano.

Dra. Tecla

Foi curto em termos de tempo, mas durou o suficiente para que ambos trocassem fotos íntimas, algo que viria a ser um grande problema mais à frente.

FRUSTRAÇÃO AMOROSA

Alertada por amigos a vítima resolveu acabar com o namoro virtual que poucas vezes chegou a ser físico, presencial. Desde então,  passou a extorquir a vítima, começou a exigir dinheiro para não divulgar as fotos.

A mulher já entregou à delegada comprovantes de que, realmente, depositou numa conta-corrente indicada pelo suspeito, conta esta em nome de uma mulher,   R$ 1.650,00 divididos em 3 vezes.

PRAZO QUARTA-FEIRA

Denunciou o caso à polícia depois que recebeu mais um pedido com um prazo, urgente, para depositar mais R$ 1.300,00. A vítima só teria até esta quarta-feira, 5, para depositar a nova quantia.

 “Já temos em mãos os comprovantes de depósitos que foram realizados inclusive com as gravações que seria o prazo último que ele teria dado, seria no caso, amanhã, se não houvesse o depósito ele faria divulgação em rede social de tudo que aconteceu”, explicou a delegada

O homem foi indiciado pelo crime de extorsão, se condenado pode pegar de 4 à 10 anos de prisão.

 “Ele vai ser responsabilizado pelo crime de extorsão, porque são valores que estão se avolumando, começou com valores pequenos e tomou uma proporção de descontrole, por conta disso agora ele será responsabilizado por todos os atos”, garantiu Dra. Tecla.

OUÇA A DELEGADA

Deixe um comentário