Pontes de madeira continuam prejudicando população de Codó

A situação das pontes  de madeira na cidade de Codó continua incomodando a população. A imagem abaixo foi feita ontem, 09, na rua Teresina. Três buracos aumentaram na cabeceira impedindo a passagem de veículos.

Os moradores da Travessa Manoel Januário também aguardam há 8 meses a construção da ponte queimada por moradores revoltados com as tábuas que viviam causando acidentes.

O secretário Márcio Esmero informou que aguarda a liberação de uma verba que virá de uma emenda do deputado estadual Glalbert Cutrim para resolver o problema. Na próxima semana haverá um encontro em São Luís para tratar desta situação.

Um comentário sobre “Pontes de madeira continuam prejudicando população de Codó”

  1. Senhor blogueiro, como a onda agora é ACORDÃO, creio que tá havendo um desses entre a Câmara de Vereadores e os blogs locais.
    Tal crença, deve-se ao fato de não vê nenhum destes veículos de comunicação dá ênfase à questão do desvio de mais de meio milhão de reais (acredito que todos os vereadores sabem disso) que aconteceu na câmara municipal de Codó. Denúncia feita inclusive pelo próprio presidente da casa Chiquinho do SAAE.Enquanto isso, vejo mais e mais postagens nestes blogs de Codó dando conta de ppontes de madeira em mal estado de conservação e também de desvios de recursos nos outros municípios, deixando de lado um assunto que interessa muito mais à população de Codó.
    Não dá pra entender!!!!

Deixe uma resposta