Rodrigo Figueiredo se pronuncia sobre o asfalto e lamenta a morte de mais uma grávida no HGM

Aconteceu na última terça-feira (04) a 19º sessão ordinária do ano de 2017, o vereador Rodrigo Figueiredo usou parte seu tempo de pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal para fazer um esclarecimento sobre a origem do asfalto que foi aplicado em algumas ruas e avenidas da cidade de Codó. O parlamentar lembrou que a massa asfáltica foi enviada pelo govenador Flávio Dino e lamentou que o prefeito de Codó esteja tentando usar a obra para promover seu governo.

Rodrigo Figueiredo

“Eu gostaria de fazer um registro sobre o programa “Mais Asfalto” do governo do estado do Maranhão, que foi enviado pelo Governador Flávio Dino para o município de Codó, cerca de 9 km de massa asfáltica. O asfalto foi enviado pelo governo do estado, portando não tem um centavo da prefeitura de Codó. O que nós temos aqui na cidade de Codó é um prefeito que se aproveita das obras do governo do estado para fazer propaganda, que fica querendo pegar carona na obra do governo do estado”, disse o edil.

Rodrigo figueiredo também fez questão de parabenizar o governador Flávio Dino pelo envio dos nove quilômetros de asfalto, no entanto o vereador pediu que o governador enviasse mais do material devido a precariedade da maioria das ruas e avenidas de Codó.

“Nove quilômetros servem para Codó, mas é pouco, pois praticamente todas as ruas da cidade estão cheias de buracos e necessitam de um reparo urgente, a maioria precisando de um recapeamento completo, outras de operação tapa-buracos. Fica aqui meu pedido para que o governador mande muito mais asfalto para Codó”, solicitou o parlamentar.

Morte de grávida no HGM

No último final de semana mais uma grávida codoense perdeu a vida dentro do Hospital Geral Municipal quando dava à luz ao seu filho, a jovem teria sido vítima da falta de estrutura do HGM. O vereador Rodrigo Figueiredo lamentou o ocorrido e cobrou maior empenho do governo em estruturar o hospital.

“É triste e lamentável que no último final de semana mais uma jovem gestante morreu dentro do Hospital Geral Municipal, por incompetência do prefeito Francisco Nagib que não equipa o hospital, por fraqueza da saúde pública oferecida por ele. A grávida perdeu a vida no último domingo logo após dar à luz ao seu filho, seu bebê foi levado para ser internado no hospital de Coroatá, se Deus quiser a criança vai se recuperar rapidamente. É mais um caso que deixa escancarado a precariedade do HGM, o governo precisa agir urgentemente para mudar essa realidade”, cobrou Rodrigo Figueiredo.

Ascom – Rodrigo Figueiredo

14 comentários sobre “Rodrigo Figueiredo se pronuncia sobre o asfalto e lamenta a morte de mais uma grávida no HGM”

  1. Você fica querendo desqualificar todas as ações do prefeito. Assim, termina falando asneiras e distorcendo a realidade. Seu intuito é atacar Nagib e não melhorar Codó.Você tem dificuldade de aceitar que o prefeito está melhorando a infraestrutura da cidade, onde seu avó foi omisso.

    Você não aceita a operação tapa buraco, não aceita a reforma das escolas, não aceita a abertura do CEO, não aceita a reforma dos CRAS, não aceita a parceria do prefeito com o governo do Estado.Sua prática é arcaica,nojenta e perseguidora.

    Seu avó foi um dos piores prefeitos que Codó já teve, deixou a pior saúde e isso que tu representa.Seu comportamento é mais de inveja do que de oposição responsável.

  2. Seu pai foi o pior deputado que Codó já teve e você tá seguindo a mesma linha, só sabe falar. Vá trabalhar, rapaz. Faça algo de bom por essa cidade. Seu Biné, teu pai, pois seu verdadeiro pai nem te criou, fechou empresa e administrou Codó com ódio.

  3. Rodrigão, antes de abrir a boca da uma olhada no retrovisor e relembre o seu avo
    e seu pai.
    Dentre as dezenas de mazelas, aquela do caminhão no dezessete ficará para a história do Codó. Vocês não podem jogar pedras em ninguém porque vocês tem o telhado de vidro.

  4. Realmente 09 km de asfalto é pouco para uma cidade do tamanho de Codó. Governador a demanda de pavimentação em Codó é gigante. Há uma disparidade do governo no envio de benefícios às Cidades. Caxias que é só um pouco maior que Codó recebeu 60 quilômetros de asfalto. Coroatá é bem menor que Codó recebeu 20 quilômetros.Ica a pergunta que critérios o governador utiliza para ajudar os Municípios?

  5. O engraçado é que ficam tentando criticar a atuação do rodrigo , falando do avô e do pai dele , cada um é cada um ! Acho que biné não foi ruim pra codó , concordo que Camilo foi um péssimo deputado e um fracasso político em Codó , mas o rodrigo é totalmente diferente do Camilo , tanto no vida pessoal como na vida politica , e tem todas as condições de ter uma brilhante carreira política , coisa que o Camilo não conseguiu , ele vau ser o sucessor do biné .

  6. Oposição é para isso bando de baba ovo, Rodrigo está dizendo a verdade, a gestante não era da família de vocês, Deus queira que não aconteça uma morte com um parente de vocês.

  7. É verdade que Rodrigo Figueiredo vem de uma família de políticos ruins, é verdade que ele só sabe falar. Mas é verdade, o que ele diz agora, o asfalto é obra do governo estadual e a morte da grávida se deu por negligência por parte do hospital. Falou a pura verdade.

  8. Todos os comentários são de uma única pessoa, porém com nomes diferentesão. E percebemos um ódio desnecessário nas palavras dessa pessoa.

  9. Esse cara se seu moral para falar. Por acaso o avó dele quando era prefeito fez algum asfalto com dinheiro do município? Tudo também foi do governo do estado.

Deixe um comentário