Secretário de obras de S. Antonio dos Lopes faz esclarecimentos sobre problemas de Muriçoca

O secretário de Infraestrutura do município de Santo Antonio dos Lopes, Marcony Oliveira Sousa, após a TV Mirante exibir, ontem, 5, o drama dos moradores de Muriçoca, povoado a 12 kms da cidade, que aguardam uma bomba do poço artesiano queimada há 6 meses e a conclusão de um posto de saúde iniciado em 2010, telefonou-nos para esclarecer o caso, uma vez que não o encontramos dia 2 de junho quando estivemos na prefeitura (ele estava viajando para Presidente Dutra, a trabalho).

Disse que aguarda a chegada de uma bomba para o poço, mas, se esta não chegar nos próximos dias, instalará uma outra que atenderá, no mínimo, 50% do povoado.

“Sobre esse poço, eu hoje mesmo procurei o rapaz dono da empresa, ele já me prometeu que se a bomba não chegar, porque ele pede de fábrica, se a bomba não chegar ele vai substituir mesmo que seja por uma pequena, não vai abastecer tudo, vai abastecer 50% só da comunidade e por isso que a gente, a transportadora fica só dizendo – não, chega hoje, chega amanhã, eu até disse pra ela – minha amiga me diga aonde está esta bomba que eu vou buscar, eu já fui buscar em Teresina, porque não vou buscar em Araguaina, e Belém, onde quer que seje? eu vou, pego o carro e vou atrás e trago, pra gente resolver esse problema”

“Lhe garanto que em poucos dias, em poucos dias, quando a água tiver jorrando lá eu vou tirar as fotos, fazer uma filmagem e te passo pra você”, finalizou

SOBRE O POSTO DE SAÚDE

Em relação ao posto de saúde iniciado em 2010, afirmou que o problema é que só foram liberados 65% dos recursos até agora pelo Governo do Estado que, por causa da troca (Roseana/Dino), enfrenta-se agora um levantamento para que novas liberações de recursos ocorram.

Marcony garantiu que o governo estadual vai liberar mais 20% da verba e que até o dia do aniversário de Santo Antonio dos Lopes, 30 de dezembro, o posto, que faz parte de um grupo de 35 obras pendentes de inauguração, será entregue à comunidade de Muriçoca e região.

“Aquele posto de saúde que você filmou, que você fez a reportagem, eu estava até olhando aqui no seu blog também, aquele posto de saúde, nós temos 65% do repasse que foi repassado pra empresa que ganhou a licitação e com essa transição de governo, do governo passado agora para o governo presente, ele repassou, assumiu, só que, infelizmente, o Governo do Estado tá fazendo levantamento pra poder fazer os pagamentos das medições, das empresas que estão concluindo as obras”

“Já tem a lajota, não tem acabamento 100% não, mas é porque só foi passado 65%, falta 35% e já foi feita a medição pra passar mais 20%. Com esses 20%, que faz 85% do repasse, assim que o governo passar (…) prefeito vai conversar com as empresas pra concluírem as obras mesmo que o pagamento não seja repassado e, se for o caso, ele vai também correr atrás também, se empenhar e correr atrás desses repasses”

“Nós temos 35 obras pra inaugurar até o dia do aniversário de nossa cidade, que é dia 30 de dezembro. Todas essas obras, eu já estou lhe convidando, de hoje, pra você estar presente nessas inaugurações, justamente até esse posto de saúde mesmo, tá”, explicou

Deixe uma resposta