SUPERAÇÃO: Motivado pela morte violenta do pai empresário ensina profissão à jovens codoenses

Uma atitude corajosa e, por consequência, muito nobre. Ainda consternado pela perda repentina do próprio pai, cuja vida

“Eu perdi meu pai numa tentativa de assalto e foi um jovem de 18 anos que tirou a vida dele (chora na entrevista neste momento) se ele tivesse uma oportunidade dessa ele não tinha feito aquela besteira”, disse emocionado ao jornalista Jair Ribeiro que o entrevistou para a rádio Cidade FM e para o blogdoacelio.

A oportunidade a qual o jovem empresário  codoense Rodrigo Carlos se refere é a a chance gratuita de aprender, na prática, como lidar com o conserto de máquinas de lavar e manutenção de instalação de ar-condicionados.

“Que é pra dar oportunidade pra o pessoal que não tem condição, que queira aprender uma profissão”, completa

Todo sábado ele abre sua oficina para adolescentes de 14 aos 17 anos, mas adultos também aparecem para aprender. É a primeira turma e outra, de mais 10 alunos, já está na fila de espera para um curso que dura 35 horas de teoria e prática.

É uma atitude, puramente, de coração. Não há apoio.

4 comentários sobre “SUPERAÇÃO: Motivado pela morte violenta do pai empresário ensina profissão à jovens codoenses”

Deixe um comentário