Veja informações atualizadas sobre quebradeira em Timbiras e um vídeo do hospital após depredação

O delegado regional,  Rômulo Vasconcelos, informou ao blogdoacelio que seis adolescentes, com idade entre 14 e 17 anos, foram ouvidos e liberados no último domingo (8) sob suspeita de depredação da prefeitura, da agência do Banco do Brasil e do Hospital Victoriano Abdala, no centro de Timbiras, episódio ocorrido na noite da Independência (sábado, 7 de setembro).

Os menores assinaram Boletim Circunstanciado e foram entregues aos seus responsáveis que se comprometeram em mantê-los longe de encrencas a partir de agora. Como não cometeram ato violento contra pessoas, como requer o Estatuto da Criança e do Adolescente, os jovens não puderam ficar detidos.

ADULTO DETIDO

Continua detido um adulto, cuja identidade a polícia tem preservado em razão de que suspeita-se que ele sofra de problemas mentais. Rômulo Vasconcelos informou que está investigando a sanidade mental do homem para ver que tipo de procedimento tomar. A autoridade policial afirmou, categoricamente, que os adolescentes confessaram participação na quebradeira e todos, incluindo o maior de idade,  foram flagrados por imagens gravadas na hora do vandalismo.

Ontem só a prefeitura funcionou, normalmente, em Timbiras. Por volta das 9h30, quando por lá passamos, só o secretário de administração, Manoel Rocha, encontrava-se no prédio, mas não quis falar com a imprensa.

O hospital municipal ficou fechado e o Banco do Brasil logo expôs um cartaz escrito à pincel que dizia, sobre as tábuas colocadas em substituição à vidraça destruída – AGÊNCIA FECHADA. Quem entrou ouviu que não havia previsão de retorno do atendimento. ABAIXO VOCÊ PODE VER COMO FICOU O HOSPITAL APÓS A SEGUNDA DEPREDAÇÃO.

2 comentários sobre “Veja informações atualizadas sobre quebradeira em Timbiras e um vídeo do hospital após depredação”

  1. Impressionante como da primeira vez logo os assessores do prefeito testemunharam contra três pais de família que nada tiveram com as quebradeiras e logo foram presos.

  2. Fiquei indignado com situação que passou esses 3 timbirenses. Soube que uma “depoente” está em má situação, pois possivelmente depôs falsamente para a “(in)justiça”. Se o … processar quem mentiu, ele ganhará mais dinheiro, e somará ao que ele “…….” quando foi … da … de Timbiras, que como sabemos, não foi pouco não.

Deixe um comentário