Vereador classifica audiência pública da segurança de ‘blá, blá, blá”

Expedito Carneiro
Expedito Carneiro

Em entrevista ao radialista Daniel Sousa, na última sexta-feira, 4, o vereador Expedito Carneiro, do PSDC, criticou, duramente, a audiência pública convocada pelo grupo de seu colega de parlamento Pedro Belo.

Tudo em razão da ausência do secretário de Segurança Pública do Estado, Jéferson Portela, que só mandou representante, no caso o subsecretário Saulo de Tasso Weverton.

Ele também criticou o delegado regional e o comandante do 17º BPM por não pressionarem o subsecretário no que diz respeito às necessidades de Codó.

“Me causou surpresa dizer que – não só depende disso, Daniel. Me causou surpresa porque ali  era o momento do delegado chegar e dizer – olha, vamos melhorar a segurança, o trabalho da Polícia Civil precisado disso, disso, disso e disso. Era hora do coronel – oh, pra melhorar a segurança o trabalho da Polícia Militar tá precisando disso, disso e disso. Acho que essa era a hora, pra isso é que serve a audiência pública”, disse

Expedito afirmou, na rádio, que questionou Saulo de Tasso sobre se teria condição de responder às perguntas que ali seria feitas.

“Aí eu fiz o questionamento pro secretário. Eu olhei para o secretário, que é o subsecretário, eu olhei pra ele e eu me revolto e deixo mais uma vez aqui minha indignação em dizer por que que o secretário de segurança não veio? Será que você vai ter condição de passar respostas pra população de Codó? Eu fiz essa pergunta pra ele.Será que você vai ter condição de responder? e ele ficou calado

AUDIÊNCIA BLÁ, BLÁ, BLÁ

Para o parlamentar tudo não passou de blá, blá, blá em razão de que a população não ouviu o que queria.

“Era o que a população de Codó esperava, nós precisamos de policiais. Quantos policiais vão ir pra Codó, e aí o secretário ia dizer – vem 10, vem 5 ou então nós íamos nos programar pra daqui a 6 meses, 1 ano, era isso que a população queria ouvir ontem, respostas concretas. Porque mais uma vez ficou, o quê Daniel? Mais uma vez ficou o quê na audiência? blá, bla, blá. Pois é, a população de Codó está cansada de tanto ouvir promessa e pouca ação”

“é isso que nós queremos ouvir na audiência pública. Secretário o que é que tem de imediato pra Codó? e o secretário pudesse dizer – olha, nós temos isso, vai vir mais policiais, mais viaturas, vai vir a delegacia da mulher, vai vir corpo de Bombeiros, era isso que a gente queria ouvir, Raimundo Alves. Não ficar ouvindo, o subsecretário saiu calado, eu até entendo, como nós tava dizendo aqui agora, ele não tinha poder de decisão, o que poderia dar alguma resposta era o secretário que não veio, faltou com o respeito com a população de Codó, que não veio”, concluiu

9 comentários sobre “Vereador classifica audiência pública da segurança de ‘blá, blá, blá””

  1. Concordo com ele quando se refere aos representantes das polícias civil e militar que vivem se queixando da falta de condições de trabalho, no entanto na audiência pública nada disseram ao representante do governo, por que será?

  2. Também concordo com o vereador, só que ele também tem dois mandatos e até agora também não vi nada que pudesse melhorar na cidade de Codó feto por ele.

  3. Também concordo com o vereador, só que ele também tem dois mandatos e até agora também não vi nada que pudesse melhorar na cidade de Codó feito por ele.

Deixe uma resposta