Gracinaldo e Chiquinho rebatem comparação entre indicações dos edis e o poder da mídia

Os vereadores Gracinaldo Ferreira (PSL) e Chiquinho do SAAE não gostaram da postagem que dizia que AS INDICAÇÕES que os edis fazem valem menos que uma pressão do radialista Alberto Barros ou da imprensa.

O primeiro a se manifestar a respeito foi Gracinaldo. Disse que todos os vereadores, sem distinção de lado (situação/oposição), são postos num prato e ‘marretados’ de forma generalizada.

“Observando ao pé da letra nós entendemos que, eu não sei se algum, alguém tem algum problema com algum vereador ou se o problema é generalizado com esta Casa porque quando a matéria sai ela generaliza todos os vereadores, muitas vezes o vereador é um vereador de situação ou muitas vezes é um vereador de oposição e lendo a matéria aqui ninguém, não tem nenhum vereador que é deixado de fora, todos os vereadores SÃO COLOCADOS DENTRO DE UM PRATO E PEGAM UMA MARRÊTA E BATEM, TÊM BATIDO EM TODOS OS VEREADORES”, disse

Depois foi mais específico, lembrando a postagem.

“Tentando desfazer, desqualificar o trabalho que o vereador faz, trabalho este sério, trabalho este que muitas vezes nós estamos lá empenhados com a comunidade dizendo MUITAS VEZES QUE UMA INDICAÇÃO QUE UM VEREADOR FAZ NÃO DE ABSOLUTAMENTE NAAAADA, Dizendo que a indicação que um vereador faz não tem serventia nenhuma e tem chamado os vereadores desta Casa de inservíveis. Eu fico triste com tais publicações porque eu tento absorver o por quê desta fala no sentido de atingir os vereadores”, afirmou

O PRESIDENTE FALOU

O presidente Chiquinho do Saae, já em entrevista ao radialista Geraldo Sanches, da rádio Mirante AM, também manifestou-se a respeito.

“Apesar de algumas pessoas tentar tirar ou descontruir o trabalho feito pelos 11 vereadores desta Casa nós vamos continuar com o trabalho, com a nossa atribuição à nossa população porque nós sabemos da importância que tem o Poder Legislativo nessa legislatura que é praticamente 100% voltada para o interesse da comunidade e nós vamos continuar com esse trabalho”, afirmou

Também referiu-se diretamente ao fato de ter as indicações oriundas da Casa com menos valor que uma pressão da imprensa.

“E a gente vai continuar fazendo nossas indicação apesar de ter gente que diz que INDICAÇÃO DE VEREADOR VALE MENOS QUE A FALA DE UM RADIALISTA. Nós respeitamos todos os radialistas, nós respeitamos toda a população de Codó, respeitamos o espaço da imprensa que ela tem nesta Casa e nós vamos continuar fazendo o trabalho, os vereadores vão continuar fazendo o seu trabalho”, concluiu

3 comentários sobre “Gracinaldo e Chiquinho rebatem comparação entre indicações dos edis e o poder da mídia”

  1. A diferença é que a imprensa tem o poder de influenciar o povo e esses vereadores tem o poder outorgado pelo povo e não sabem valorizar, ficam delegando em causa própria fazendo indicações voltadas para seus redutos eleitorais e para seus interesses, é ou não é assim?. Tudo farinha do mesmo peneiro….

  2. Quando eu preciso de alguma coisa peço para o Alberto Barros, pelo menos sei a onde encontra-lo. Já para encontrar um desses edis, difícil. Aliás se VC quiser esconder deles, só ir na camara

  3. Eu quero ver é à postura desse Blog e Alberto Barros se um dia o Francisco Nagib chegar à ser Prefeito de Codó? Na verdade o FN terá apenas o nome de Prefeito, pois todas as Secretarias prestarão conta com o pai e não com o filho, rsrsrsrs.

Deixe um comentário