VÍDEO – Veja o buraco na caixa d’água onde a turma fuma diamba e a explicação do governo

Depois do arrocho dado pelo blog, com o apoio do Cidade Notícias (Rádio FCFM) que divulgou para o grande público a informação sobre o convênio do governo de Zito com o Ministério da Saúde (PAC 2009) no valor de R$ 1.959.000,00 para SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA PARA ATENDER O MUNICÍPIO DE CODÓ, o Executivo se explicou.

Informou,  em reportagem produzida pela Assessoria de Comunicação, que o convênio, do qual Codó já recebeu  R$ 1.371.300,00, “ já está quase finalizado (cerca de 90% das obras), restando somente para sua conclusão o sistema de bombeamento dos Povoados Limoeiro, Boqueirão do Salazar e Bacaba”.

O dinheiro já recebido teria sido investido em sistemas de abastecimento de treze localidades e não tem ligação com as caixas d’água gigantes onde a turma fuma diamba, denunciadas pelo blog. As comunidades beneficiadas são:

Povoado Amorim / Povoado Limoeiro/ / Povoado Boi Não Berra / Povoado Eira 1 / Povoado Cantinho dos Rodrigues / Povoado Livramento do Macário / Povoado Macaco / Povoado Carnaúba do Mocinho / Povoado Cantinho do Edgar / Povoado Boqueirão do Salazar / Povoado Bacaba / Povoado Vai quem quer e Povoado São José do Antonio Joca.

A CAIXA FURADA

Sobre as caixas d’água gigantes abandonadas, cuja imagem encontra-se hoje exposta no blog em vídeo feito ontem (16) pela manhã, o governo de Zito jogou a culpa pra cima da turma de Biné Figueiredo explicando que o convênio fora firmado na época do governo Codó Para Todos.

Disse por meio da assessoria de comunicação que o projeto nunca foi pra frente porque existem erros estruturais.

“O Secretário explicou que convênio das Caixas d’água, celebrado entre Ministério das Cidades, Secretaria Nacional de Saneamento (PAC 1) e o então prefeito de Codó, no período anterior ao ano de 2009, está paralisado por problemas no projeto original.

“Nas obras da caixa d’água estão faltando apenas às ligações para o abastecimento e o projeto está sendo reformulado para resolver o impasse de execução”. Finalizou Esmero”, escreveu a assessoria

E O POVO SEM ÁGUA

Lendo, detidamente, a explicação do governo concluo que R$ 1.371.300,00 (dinheiro já liberado) foi para 13 localidades da  zona rural (vou fazer uma visita relâmpago nessas localidades para ver se foi mesmo) e a cidade ficou sem nada porque ninguém consegue resolver os ditos  ‘problemas estruturais’ do projeto faraônico das caixas d’água no Codó Novo, Santo Antonio e Nova Jerusalém (todas abandonadas).

Ontem (16) voltei ao final da rua  Nossa Senhora dos Milagres (espécie de divisa entre Codó Novo e Jerusalém)  e entrevistei a moradora que reside  a menos de 10 metros da caixa gigante onde os malucos abriram um buraco para fumar diamba.

Nada mudou, ela e todos os seu vizinhos ladeira abaixo continuam sem um pingo d’água. A torneira  só jorra depois das 19h e o líquido vai embora às 2h da madrugada (se dormir se lasca).

Será preciso chamar o Batman ou He-Man pra resolver isso?

9 comentários sobre “VÍDEO – Veja o buraco na caixa d’água onde a turma fuma diamba e a explicação do governo”

    1. Em falar em SAAE me disseram que o vereador que era do governo depois foi pra oposição, brigou pelo fim do nepotismo e voltou pro lado do governo caladinho e de cara lavada, esse vereador empregou o irmão e o cunhado na câmara será se isso é verdade? e nepotismo fica a onde?

  1. Acélio, eu ouvi do boca do próprio prefeito que o Biné havia deixado dinheiro para construir os sistemas de abastecimentos, rede de esgoto e fazer a obra de tratamento de esgoto que substituiria o já existente na Rua Coelho Neto. Dr. Hildenberg também falou na época desse prejeto e que os recursos já estavam disponíveis na conta da prefeitura.

    a pergunta que não quer calar: como é que o recurso foi liberado e anos depois foram verificados erros estruturais no projeto? Aí é querer subestimar a inteligencia, não só sua, mas da população em geral. Numa altura dessa, vir colocar culpa na administração anterior, é muito cinismo.

    Ainda me aparece uns cumpadres que estão agarrados nas têtas da viúva, querer defender o indefensável. É só muita borracha mesmo!

  2. José das Graças, o saae nada tem a ver com o convênio, pois o mesmo foi assinado entre a prefeitura e o o ministério, e pelo que se viu e se sabe, pois ficou claro quando zito e zé inácio foram a câmara municipal o recurso foi depositado na conta da prefeitura e não do saae, ou seja, o executor é a prefeitura, o saae só receberia a obra pronta.
    Agora com essa turma que tá aí e não sabe dizer o que fizeram com os recursos, é so muita chibata mesmo.

  3. Exatamente Jorge, os recursos fica na caixa em uma conta em nome da prefeitura – janeiro de 2009 já estava disponível – e só será liberada mediante as medições da obra. Caixa liberou várias medições e só agora apareceu problema na execução do projeto original. Vocês vão me comprar uma boda

  4. ACÉLIO, NÃO PRECISAMOS DO BATMAN E NEM DO HE-MAN. COM O VEREADOR RODRIGO
    FIGUEIREDO CATUCANDO POR BAIXO, BASTA MOVIMENTAÇÕES DAS PROMOTORIAS E DO JUIZADO E LOGO VEREMOS OS ABACAXIS DESCASCADOS.

Deixe um comentário