1ª blitz de 2017 mostra que vem ‘arrocho’ por aí

Aconteceu hoje, 2 de janeiro, pela manhã a primeira blitz de trânsito de 2017. Participaram Ciretran, DMTRANS , Guarda Municipal, Polícia Militar e duas lojas Maçônicas (DEUS E CARIDADE/ATALAIA. O grupo esteve na Av. Santos Dumont e na praça Almirante Tamandaré pela manhã distribuindo folhetos e avisando que as cobranças irão começar logo, logo.

Especificamente sobre falta de habilitação no trânsito, o novo diretor do Departamento Municipal, César Roberto Oliveira Soares, disse:

 “Claro que isso tem que ser devagar porque nós não podemos habilitar todo mundo de uma só vez, mas no momento em que começar a apertar as pessoas irão procurar autoescola e assim se habilitando”, afirmou

O novo diretor de Segurança Patrimonial de Trânsito, capitão Ronaldo Moura, também  ressaltou que o novo governo pretende dar melhores condições físicas às vias codoenses.

“Nós temos ‘N’ projetos em benefício da sociedade como sinalização, redutor de velocidade, sinalização, enfim, rotatórias, nós não vamos só cobrar nós também vamos dá os meios para que o passageiro, o condutor do seu veículo tenha suporte para dirigir numa cidade com trânsito mais organizado”, disse o capitão

FOGO DE PALHA?

Desconfiados, motoristas e motociclistas preferem esperar um pouco mais para ver o quanto disso vai se concretizar e esperam que pelo menos uma fiscalização mais presente passe a fazer parte do cotidiano de Codó em 2017.

“A fiscalização é melhor porque vai evitar acidente e em compensação até pra nossa vida é uma segurança mais…TEM QUE TER MESMO? Tem que ter, tem que ter fiscalização”, afirmou o autônomo Edvaldo Prado.

10 comentários sobre “1ª blitz de 2017 mostra que vem ‘arrocho’ por aí”

  1. PARABÉNS. JÁ COMEÇOU ACERTANDO. DIZEM QUE PRECISAM DE TEMPO PARA SE ADEQUAR A LEI, MAS PERGUNTA AO JOÃO DE DEUS DESDE QUANDO ESTÃO AVISANDO 2009 ESTAMOS 2017. SERÁ QUE AINDA NÃO DEU TEMPO? ARROCHA ESSE POVO

  2. Que cargo é esse? Diretor de Segurança Patrimonial de Trânsito – e quero ver quando os condutores de veículos apreendidos fizerem fila na FC pra pedir a liberação.

  3. Tomara que realmente essa fiscalização vá adiante, não seja só fogo de palha. Tem que prender mesmo esses motoqueiros, a maioria sem habilitação.

  4. Acertada decisão!
    É dever do poder público buscar minimizar os acidentes de trânsito e a fiscalização certamente ajudará.
    Codó já cansou de ver seus jovens e adultos perderem a vida nesse trânsito tão desordenado.
    É inaceitável ver em Codó as pessoas sem capacetes; 3 ou 4 pessoas em uma moto; pessoas sem habilitação; altas velocidades e outras infrações.
    Tudo isso coloca a vida do condutor e de todos em risco.
    Que as fiscalizações sejam constantes.

Deixe um comentário