Abandono da MA-026 prejudica mais de 800 propriedades e 32 associações de produtores rurais

Pela MA-026, no trecho entre Codó e Dom Pedro, passa o maquinário de grandes fazendas, mas, principalmente, a produção dos pequenos agricultores que precisam enfrentar muitas dificuldades para vender o que sai das roças na princesa do Vale do Itapecuru.

Para que você leitor tenha ideia da importância dessa estrada, apenas dentro da área de Codó, que ela corta, são 817 propriedades rurais particulares e mais 32 associações de agricultores. Quem produz algo e precisa vender na cidade tem que passar por ela.

VENDE-SE TUDO

Encontramos alguns pescadores e, claro, o produto de riachos e igarapés da região indo para o consumidor urbano.

Por aqui vai peixe, vai porco, vai o gado, vai o feijão, tudo, tudo, o que tiver dentro do mato tem que passar por aqui”, disse o pescador Francisco Marques

Eles utilizam motocicletas, como faz o jovem Jonas da Conceição Rocha, de 16 anos.

vinagreira, bocado de coisa, tem pimentão, tomate (…) E ESSE DINHEIRO VAI APLICAR COMO? Aplicar na alimentação”, respondeu

NA FORÇA DO PEDAL

Mas também encaram quilômetros de muitos buracos pedalando. É assim que seu Basílio da Costa Lobo sustenta a família após a colheita da lavoura. Mas a vida de quem faz isso de bicicleta não é fácil.

“sofre um bocado, mas eu ainda sofro mais…as pernas já estão doendo..QUEBRA O QUÊ? Quebra as esferas, quebra bacia, essa aqui mesmo tá estalando toda”, reclamou-se

ATAQUE DOS BANDIDOS

Há buracos por toda parte, neste período de chuvas todos precisam de paciência para trechos onde o asfalto desapareceu, a água esconde o perigo. Soma-se a isso a falta de acostamento e de placas de sinalização, o mato tomou de conta de muitos trechos na MA-026 que se tornou um ambiente propício até para a ação dos bandidos que atacam lavradores como denunciou o lavrador, Raimundo Pereira do Nascimento ‘O Dude”.

Assalto, aconteceu muito assalto aqui nessa estrada acontece muito assalto, quando dá sete horas da noite ninguém passa mais aqui não, então fica difícil pra nós agricultores que mora aqui nessa região”, revelou

Sem opção eles enfrentam a estrada diariamente, mas seguem reclamando. Para seu Francisco Marques, todos prometem e nada fazem.

“Se tivesse estrada boa, mas aí entra governo, sai governo, só promessa e nada faz”, criticou

Dude complementou:

“O nosso problema é muito sério, aqui todo dia nós temos que ir pra Codó levar alimentação pra nossa família, dois três dias, no máximo que a gente passa, nós precisamos desse acesso pra chegar até Codó…E NESSA SITUAÇÃO? Fica difícil essa MA é sempre esquecida pelo Poder Público”, conclui

Um comentário sobre “Abandono da MA-026 prejudica mais de 800 propriedades e 32 associações de produtores rurais”

  1. ACÉLIO, SÓ QUERIA REFORÇAR O QUE TODA PUPOLAÇÃO SABEM, E OS POLITICOS TAMBÉM, RAPAZ A SITUAÇÃO DA MA 026 QUE LIGA O KM 17 AO TRIÂNGULO É UM DESCASO É UMA FALTA DE RESPEITO COM O CIDADÃO QUE VOTA TODOS OS ANOS, QUERIA ATRAVÉIS DE SEU SITE PEDIR AJUDA A ESTES POLITICOS, PRA QUE ELES NÃO OLHE PRA ESSE POVO SÓ NO TEMPO DE ELEIÇÕES. FALO EM NOME DE MILHARES DE PESSOAS, POR FAVOR QUEREMOS ASFALTO NA MA 026.

Deixe uma resposta