Adolescentes que levaram R$ 11.000,00 da Casa Sampaio já estão em liberdade

Parte do crime foi desvendada ontem, 12, mas ainda paira dúvida sobre a participação de um adulto.

Dinheiro recuperado

Quanto aos menores, de 13 e 16 anos, o delegado regional, Rômulo Vasconcelos, descobriu que ambos trabalhavam vigiando motos e bicicletas na porta da loja (Casa Sampaio), no centro da cidade. Na sequência ficou sabendo que eles saíram dando dinheiro à outros jovens no bairro onde moram. Após a apreensão sob suspeita, eles revelaram o resto da história.

TUDO PLANEJADO

Para ficar dentro da loja e cometer a infração penal que equivale a furto qualificado, eles contaram ao delegado que entraram quando ela foi fechada e se esconderam dentro de uma caixa de papelão (de fogão). Quando todos saíram, foram até o local onde fica o dinheiro e pegaram cerca R$ 11.000,00. Para sair não foi tão difícil dado ao porte físico dos garotos – quebraram uma janela de vidro e foram embora.

DINHEIRO RECUPERADO

A Polícia Civil já conseguiu recuperar R$ 3.502,00 e acredita que os menores foram orientados por alguém, já que conheciam muitos detalhes de dentro da loja e chegaram a usar até uma chave para tentar sair. Não deu certo porque ela quebrou.

“Eles declinaram o nome de uma pessoa aí e a gente está ouvindo eles, de forma informal ainda, vamos colocar isso no papel, mas eu acredito que tenha a participação de um adulto”, disse o delegado

Apesar da gravidade da infração, os dois adolescentes foram liberados pelos motivos explicado por Rômulo Vasconcelos

“Como não teve violência contra a pessoa e eles não teem reinteração de furtos na cidade, é a primeira vez que eles estão sendo apreendidos, vão ser entregues para o Conselho Tutelar e pra família, mas vão responder pelo procedimento de furto qualificado”, disse

Até agora a polícia civil ainda não confirmou, apesar da suspeita, se houve ou não participação de um adulto no caso.

Deixe uma resposta