Fale com Acélio

Dra. Lúcia e Frei Ribamar

A reunião realizada ontem, 1º, no Salão do Júri, do Fórum, tratou da situação que enfrenta hoje a delegacia de Codó, visitada pela juíza da comarca, Lúcia Helena Barros Heluy da Silva, pelo secretário-adjunto de Justiça do Maranhão, Frei Ribamar Cardoso e pelo presidente do Conselho da Comunidade, jurista Lindojon Bezerra. Os delegados reclamaram de superlotação.

“Existe evidente de pessoas detidas na delegacia acima do que deveria constar, afinal de contas não deveria haver presos em delegacia”, garantiu Zilmar Santana

É HORA DE ATITUDE

Câmara cobrando

Nesta audiência pública, os promotores de Justiça cobraram uma solução urgente. Na opinião de Gilberto Câmara é hora de atitude do Estado e da sociedade em defesa de uma execução penal mais justa no município.

“Ta na hora de fazer as ações, efetivas, ou seja, a construção dos estabelecimentos e a retirada das delegacias daquele local para que os presos possam ter os seus direitos resguardados como a população que vai procurar a delegacia”, frisou Câmara

DELEGACIA NOVA

O delegado regional, Rômulo Vasconcelos, informou aos presentes que uma delegacia será construída no município num prazo de quatro meses. A doação do terreno foi confirmada pelo prefeito, Zito Rolim, que esteve no evento. A nova delegacia, toda climatizada seguindo padrões internacionais, ficará ao lado do Tiro de Guerra.

Salão lotado

Com a saída da área administrativa do antigo CSU, o prédio ficará a disposição do sistema prisional maranhense. Isso na opinião do secretário-adjunto, ajudará no processo de humanização pretendido.

Com certeza, a construção dessa nova delegacia vai nos ajudar para que o espaço esteja a nossa disposição, uma vez que estando a nossa disposição nós vamos poder reformá-lo e vamos poder criar os ambientes necessários para que aconteça todas as assistências que diz a lei de execução penal”, garantiu Frei Ribamar Cardoso

CRIAR APAC

No final da audiência decidiu-se pela criação de uma Associação de Proteção e Apoio aos Condenados, a exemplo da que já existe em Pedreiras. A juíza afirmou que o município vai trabalhar agora na efetivação da APAC.

O próximo passo é a elaboração de um estatuto, fazer uma assembléia para apresentação dos membros que foram escolhidos hoje e fazer a tentativa de começar a buscar parcerias, então este é o propósito”, afirmou Lúcia Helena

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADES

A CONVERSA É COM ACÉLIO TRINDADE

APP RAD MAIS

Dr. Wanderson Leitão

Dra. Nábia, PEDIATRA

Medicina Integrada – Pedro Augusto

REGIONAL TELECOM

Marque Consulta

FC MOTOS

LOJA PARAISO

PREPARATÓRIO PARA CONCURSO

FARMÁCIA DO TRABALHADOR

PANIFICADORA ALFA

OPTICA AGAPE

SUPERLAR

PHARMAJOY

BRILHO DO SOL

 

CAWEB FIBRA

PARAÍBA A MODA DA SUA VIDA

Venda de Imóveis Codó-MA

HOSPITAL SÃO PEDRO (HSP)

Óticas HP

CARTÃO NOROESTE

 

 

SEMANA RAD+

 

 

GABRIELA CONSTRUÇÕES

Imprima

Lojas Tropical

Mundo do Real

Reginaldo

Baronesa Janaína

RÁDIOS NET

EAD – Grátis

Categorias