Apreensão de ‘carros clonados’ volta a crescer em Codó, afirma delegado

Foi a Polícia Rodoviária Federal quem apreendeu um carro FOX branco na BR-316, na semana passada, e o trouxe para o pátio da 4ª Delegacia Regional  porque a motorista mora em Codó onde foi aberto um inquérito policial para investigar o caso.

O delegado Rômulo Vasconcelos que preside o inquérito disse à imprensa que os números da placa não condizem com os do chassi, foi isso que chamou a atenção da Polícia Rodoviária Federal que já tinha denúncias dando conta de que este carro com placa clonada estava circulando nesta região.

Dr. Rômulo descobriu que o carro apreendido foi roubado recentemente na capital do Piauí, Teresina, e pertencia à um investigador de polícia.

Para vender  e fazê-lo circular sem levantar imediata suspeita os bandidos colocaram na placa a numeração de um carro que existe também no Piauí, só que a dona do carro que tem a verdadeira placa começou a receber multas de locais do Maranhão onde nunca esteve e acionou a Polícia Rodoviária Federal.

Já a motorista codoense flagrada  foi indiciada pelo crime de receptação, pagou fiança e já está em liberdade.

 “Ou seja ela caiu num golpe mas comprou um carro roubado, não teve a cautela, o cuidado de fazer uma vistoria junto ao DETRAN em relação ao Chassi/Placa pra ver se batia os dois, com isso ela foi apresentada, autuada em flagrante pelo crime de receptação (…) já foi constatado de forma preliminar, nós fizemos o levantamento do carro e o chassi consta como roubo e furto, esse carro foi furtado na cidade de Teresina, até o proprietário dele é um investigador da Polícia Civil”

Apreensão de carros clonados está cada vez mais frequente em Codó, todos vindos do Piauí.

 “Todo mês, praticamente, tem feito apreensões, na ultima operação nossa conseguimos apreender 12 veículos clonados aqui em Codó, então sempre tivemos o apoio da Polícia Rodoviária Federal (…) esperamos que esse crime diminua aqui na nossa região mas isso é comum, porque sempre esses carros compram lá em Teresina e trazem aqui pra interior do Maranhão e Codó é muito próximo do Piauí”

Deixe um comentário