Fale com Acélio

O vereador Araújo Neto fez um discurso como há bastante tempo não fazia na Câmara. Destacou quão difícil é ser atendido com dignidade mínima no Hospital Geral Municipal de Codó.

Citou o caso do secretário municipal de Finanças, Pedro Santos, como exemplo.

“As pessoas vão pra lá e são obrigadas a comprar. Eu soube de uma reunião que houve do prefeito com os secretários e o prefeito pediu e o secretário Pedro Santos (Finanças) disse pro prefeito – prefeito, ou o senhor toma uma providência com o HGM ou você fecha o HGM porque lá não atende ninguém porque ele levou alguém da família dele e teve que comprar medicação pra alguém da família dele não morrer”, diz

Araújo questionou – se está acontecendo isso com pessoas do primeiro escalão, imagine com o cidadão comum? pedindo providências mas conclamando a todos para uma união em busca de soluções urgentes.

NINGUÉM AGUENTA MAIS O GOVERNO DE ZÉ FRANCISCO

9 comentários sobre “Araújo Neto revela descaso no HGM até com familiares de secretários municipais de Zé Francisco”

  1. Mas que mentira deslavada! Consultado, o Pedro Santos disse que sempre foi muito bem atendido no HGM, e negou categoricamente o que esse vereador disse aí.
    Antes de checar os fatos, o vereador, no afã de agradar o seu chefão, sobe na tribuna para dizer que soube do que não houve. Ou seja, ele mesmo cria o factóide para falar do governo kkk. Essa denuncia é tão vazia quanto ele próprio.
    Esse vereador se esqueceu que no governo do Maugib, do qual ele era secretário, no HGM faltava até mercurocromo.
    Outro dia mesmo armaram uma mentira escabrosa: escreveram “Novalgina” em garrafais no braço de alguém que se prestou para dizer nesse blog que tinha sido o médico que escreveu por falta de receituário. Logo a mentira foi descoberta, porque tinha um milheiro de receituário.
    O coisa é certa, a oposição fala porque o HGM está funcionando muito melhor que em qualquer momento da sua existência.
    Ninguém suporta mais a oposição capenga mentir para tentar enganar o povo de novo.

      1. Para vc, Aristides, babar é defender quem vc ataca. Enquanto governo trabalha, vc apenas esperneia.
        Continue assim, pois a a democracia abomina quem não tem residência para o contraditório — teu caso.

    1. Não é mentira porque minha tia ficou internada na uti do H .G. M e nós tivemos que comprar remédios fora pra ela, isso que o vereador Araújo neto está falando é verdade. Não tem remédios em lugar nenhum!

  2. Temos observado que toda vez que Zé Francisco inaugura uma obra, a oposição inventa lorota, tática burra que, de tão batida, não cola mais. Desta feita tentam em vão ofuscar o belo CRAS recém inaugurado em Cajazeiras, bem como a reforma das UBS.
    Via de regra: quando um governo trabalha muito, a oposição bate muito. Só que a oposição em Codó bate na mesma tecla, pois não tem criatividade nem pra mentir.

  3. Acelio meu amigo, aqui no Ananias Murad a situação está caótica. Não tem gás, não tem comida, não tem lanche. Todos os dias os alunos estão sendo liberados as 10 HS e tendo que voltar às 13hs para almoçar em casa (que escola integral é essa?) Hoje novamente isso irá acontecer, eu pago moto táxi para meus dois filhos irem para escola e não tem como fazer isso de almoçar em casa e voltar, todos os dias as crianças estão perdendo as aulas da tarde. A direção da escola só diz que a secretaria de educação não mandou a comida e gás e liberam os alunos. Estamos na reta final de aulas e meus filhos perdendo aula por culpa desse governo. Ano que vem eles não estudam mais nesse local desorganizado.

  4. Em qualquer governo, seja municipal, estadual ou federal, pode haver ligeiras intercorrências com fornecedores, ou até mesmo burocracia inerente ao serviço público. Mas em Codó querem fazer disso um comício fora de época.
    A suposta mãe é prova do palanque armado quando diz: “…por culpa desse governo”. Como alguém pode culpar outrem sem apresentar provas ou mesmo lógica? Isso, além de calúnia configura leviandade. Embora nenhum governo queira falhar, isso independe da vontade do mandatário.
    Toda e qualquer prestação de serviço público é passível de algum hiato.

  5. “Descaso até com familiares de Secretário” como se Secretário e seus familiares tivessem que ter tratamento diferenciado o atendimento dispensado a um deve ser dispensado a toda a população, empatia, educação, atendimento médico adequado. Atentem para os discursos.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADES

A CONVERSA É COM ACÉLIO TRINDADE

APP RAD MAIS

Dra. Nábia, PEDIATRA

JÉSSICA COUTINHO

IMPULSO CRED

REGIONAL TELECOM

Marque Consulta

FC MOTOS

LOJA PARAISO

FARMÁCIA DO TRABALHADOR

PANIFICADORA ALFA

OPTICA AGAPE

SUPERLAR

BRILHO DO SOL

 

CAWEB FIBRA

PARAÍBA A MODA DA SUA VIDA

Venda de Imóveis Codó-MA

HOSPITAL SÃO PEDRO (HSP)

Óticas HP

CARTÃO NOROESTE

 

 

SEMANA RAD+

GABRIELA CONSTRUÇÕES

Imprima

Lojas Tropical

 

Mundo do Real

Reginaldo

Baronesa Janaína

RÁDIOS NET

EAD – Grátis

Categorias