Arlindo Salazar: “Político corrupto mata pessoas e destrói o futuro”

Arlindo Salazar

O funcionário público federal, Arlindo Salazar, é, na ponta do significado, um cidadão consciente de seus direitos e deveres. Sua entrevista, ao blog, chama a atenção pelo aspecto positivo, pelo nível de entendimento que pode gerar novos pensamentos a respeito do comportamento que nós, enquanto pessoa, deveríamos ter, deveríamos tomar diante de certos fatos.

Primeiro, o de participação em movimentos contra a corrupção em Codó, no Estado, no Brasil, como o que ocorreu na manhã deste sábado, 24, na praça da Bandeira. Para ele, é importante bater de frente contra tais atos.

“Ela corrupção, infelizmente, ela não está só na classe elitizada, a gente é que pensa. Ela já desceu também para as demais classes e eu estou aqui como cidadão, participante deste movimento, porque acredito que a gente tem que se contrapor à esta corrupção”, afirmou

O CORRUPTO MATA PESSOAS

Os corruptos são responsáveis por dezenas de mortes quando tiram dos cidadãos o dinheiro que à eles fora destinado. Citando exemplos, Arlindo falou do que ocorre na saúde onde, por falta de atendimento adequado, alguém é sempre penalizado, infelizmente, as vezes de forma que não pode ser remediada.

Cada recursos desviado da saúde é uma criança que pode morrer, uma criança que pode ter uma morte prematura por falta de uma ultrassonografia, por falta de um exame preventivo. Quem desvia dinheiro da saúde deveria ser processado por crime hediondo, porque ta tirando vida”, esclareceu

POLÍTICO CORRUPTO DESTRÓI O FUTURO

Poucos entendem a luta

Da mesma maneira, o político corrupto atinge a vida de nossos filhos quando o assunto é educação. O dinheiro desviado do Fundeb compromete o futuro de nossos jovens, tira dele qualquer boa oportunidade de crescimento.

“Na educação, a mesma coisa. Você tira dinheiro da educação você está comprometendo a vida daquele jovem, daquela pessoa, compromete a vida dele não se sabe como é que ele vai se recuperar e isso aumenta esse nível de desqualificação da nossa população, o nível de escolaridade baixíssimo, a maioria 47% são analfabetos funcionais, aqueles que não conseguem interpretar um texto, 16% de analfabetos. Ficam dizendo que não tem dinheiro e, na verdade, não é isso eles tiram com a corrupção e com o desperdício, a má aplicação”, afirmou

NOSSA LINHA DE PENSAMENTO

O entendimento de Arlindo é o mesmo que o blogdoacelio defende desde que entrou no ar. Político corrupto deve ser expurgado da vida pública, cassado, humilhado tão quanto somos quando procuramos atendimentos de saúde, de educação, de assistência social ou qualquer outro dentro de qualquer esfera do poder.

Maravilhoso seria ver todos estes passando, em vida e não no inferno, pelo mesmo sofrimento de uma mãe que perdeu seu filho dentro de um hospital por falta de equipamento, por falta de um pré-natal bem acompnhado, por falta de um bom médico.

Seria gratificante assistir um destes sujeitos pregadores da moral e do bem maior para o ‘povo’ sentindo na pele o que é ter um filho dentro de casa desempregado, um pai, um irmão por falta de qualificação, de grau de escolaridade, de formação inadequada nas escolas públicas sucateadas pela corrupção.

Mas, convenhamos, isso é só um devaneio meu e de bem poucos cidadãos codoenses. A corrupção garante aos nossos representantes uma vida tão boa que nós nunca veremos sequer um desses sonhos se concretizando.

Que pena.

8 comentários sobre “Arlindo Salazar: “Político corrupto mata pessoas e destrói o futuro””

  1. De fato. Politico corrupto deve ser extinto. No entanto, e preciso atentar-se para o fato de que, muitos pretensos paladinos da correcao, sempre bem intencionados, ao chegarem ao poder se desviam. Tomam o caminho dos que sempre criticavam, chegando mesmo a se aliarem a eles, descaradamente, e sempre sob as mesmas desculpas, de que precisam se aliar para governar, quer dizer: roubar em paz.

    1. Caro Clodomir, também concordo com você que na maioria das vezes o discurso crítico serve apenas para promover um futuro corrupto. No entanto, aceitar a falácia de que todo mundo é corrupto ou de que o poder corrompe é cair numa armadilha favorável apenas aos carreiristas de plantão. Pois se ninguém presta mesmo, tanto faz votar em A ou B, “mas voto em B porque ele pelo menos me ajudou com uma carrada de barro”. Essa armadilha já é bastante antiga, mas o povo sempre cai. Precisamos separar o joio do trigo, pois a tese de que o poder corrompe é a mesma empregada por um bêbado ou um usuário de maconha para justificar atos ilegais, como nós justicamos o fato do político se corromper por ele ter chegado ao poder. Quer saber se um político será corrupto, não espere a eleição ou ele chegar ao poder. Atente para sua história e campanha eleitoral, não para o seu discurso. Afinal, como arguia o velho Marx, o critério de verdade deve ser a prática, não o discurso.

  2. Não conhecia o seu invejável curriculum e a sua inquestionável competência e preparação para administrar qualquer ente público e/ou entidade privada. Parabéns Codó, por ter um cidadão igual a você, que não busca apenas a realização pessoal, mas certamente a concretização de um sonho: “Ver o nosso povo recebendo dos governantes o tratamento sério, honesto e justo que lhe é devido, por força de lei, bem como extirpar o desvio de verbas e os corruptos com seus “agregados” que integram as mais diversas esferas de governo.”

  3. É obvío que de fato falar é fácil mas,pôr em prática em um país como o nosso onde os politicos engavetaram há tempos a reforma politica fica difícil para os Brasileiros ter mais acessibilidade em todos as setores das politicas públicas,onde a lei beneficia esses pseudos politicos.

    Mais Brasileiro que é Brasileiro não desiste nunca.

    Parabéns ao Arlindo,Acélio,rafael e Nelson pelo que foi manifestado com relação aos politicos e a corrupção dos mesmos que matam sem cessar o futuro de muitos brasileiros de talentos e barram o acesso a politicas públicas nos principais setores como:saúde,educação,social e geração de mais empregos.

    E fica aqui o meu repúdio aos lobos travestidos de politicos principalmente em nossa querida Codó.

  4. Procura-se na história de Codó (com excessão de dois) ou mesmo no Brasil políticos honestos. Digo isso porque em cada cidade, em cada esquina há discursos honestos como este ai de cima. A minha larga experiencia (20 anos vivendo no meio de lacraias) posso dizer que a probabilidade de se ter um político 100% honesto é o mesmo que tentar acertar na mega sena com uma cartão de seis números. Existe a possibilidade, mas ela é remota, não tenho nada contra esse moço, mas ele não tem experiência alguma na área pública (assim como o atual prefeito), e vejam o abacaxi que se encontra a politica local de Codó. Políticos honestos, existem, mas para ser honesto o primeiro passo não é fazer propaganda de si (veja o exemplo de um vereador atualmente), a honestidade flui naturalmente na vida daqueles que se quer foram políticos, mas vírus do poder público desonesto é contagioso e destroi em 99% a honestidade dos supostos candidatos. É um jogo de xadrez onde a honestidade sempre esta em xeque-mate.

  5. É preciso muito feeling para conhecer a intenção de Arlindo Salazar. Parabens Trindade péla bela entrevista.
    Salazar, os meus respeitos e toda a minha admiração.

  6. a questão não é que ninguem entendeu o chamado que vcs fizeram o problema é que vcs querem fazer politicagem com esse movimento, e estamos cansados de tanta politicagem em prol de alguem, o arlindo salazar por exemplo tava lá porque é bom ou porque é politico?????????????
    será mesmo que ninguém entedeu o que vcs passaram a semana inteira falando nos meios de comunicação??????????????
    não fiquem triste não nós vamos dar a res. ano que vem para esses politicos safados.

  7. Realmente, concordo com o Arlindo Salazar. No entanto, suas palavras não
    coincidem com os seus propósitos. * ele falou que descarta a união com o
    chamado grupo dos ex-prefeitos e que poderá fazer alianças com o Zito*
    Então, o Arlindo tem a pretensão de aliar com um político corrupto, que
    mata (falta de assistencia médica) e destrói o futuro. É um oportunista
    querendo uma fatia do poder. Ser funcionário federal não é credencial
    para ser político, pois sabemos que os maiores corruptos estão nessa ca-
    tegoria. Você, Arlindo, tem o direito de pleitear cargos públicos eleti-
    vos, man não deve falar ou escrever com arrogância nos conhecimentos. Lá
    no poder o pretenso honesto vira honesto corrupto. É regra, vem da colo-
    nização. Vai mudar, d’aqui a 500 anos de lutas. Humildade, pode te colo-
    car candidato a vereador.

Deixe um comentário