Arnaldo Melo abre mão da candidatura ao Senado

O presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo, anunciou pela imprensa hoje (2) a desistência de sua pré-candidatura ao Senado. O anúncio foi feito em tom de desabafo. “Sou candidato a deputado estadual e ponto final”, afirmou à imprensa.

Arquivo - Arnaldo Melo em Codó
Arquivo – Arnaldo Melo em Codó

O deputado disse ter enviado ao partido um manifesto com apoio de 25 deputados estaduais à sua pré-candidatura ao Senado e que nunca obteve resposta do partido. Na semana passada, o pré-candidato Edinho Lobão anunciou, também pela imprensa, que o ex-ministro Gastão Vieira seria o candidato ao Senado em sua chapa.

Questionado pela imprensa se confirmava candidatura de Gastão, foi seco. “Só sei que serei candidato a estadual, de outra candidatura, não sei”, afirmou. O deputado reclamou que não houve nenhuma declaração oficial do partido a respeito da candidatura ao Senado.

Histórico

A vaga do grupo Sarney ao Senado está em disputa desde que a atual governadora, Roseana Sarney, abriu mão de sua candidatura, mantendo-se à frente do Palácio dos Leões.

Na época, tanto o ex-ministro Gastão Vieira quanto o atual senador Edinho Lobão manifestaram interesse em disputar a vaga. Com a posterior desistência de Luís Fernando, então pré-candidato a governador, Edinho foi deslocado pelo grupo para a disputa ao governo do estado.

No entanto, o presidente da Assembleia Legislativa, que tomaria posse do governo estadual com a possível renúncia de Roseana para concorrer à vaga, passou a reivindicar a candidatura ao Senado. Para tanto, apresentou uma lista com apoio de 25 deputados.

Se responder ao manifesto de apoio, o grupo Sarney anunciou na semana passada a escolha de Gastão Vieira para a vaga.

FONTE: Blog do Garrone

Deixe um comentário