Fale com Acélio

A democracia é a melhor forma de governo, apesar de suas falhas, afirma o pensador francês Aléxis de Tocqueville (1805-1859) no livro “Democracia na América”. Condicionamos nela o luxo das divergências.

Dessa forma, posso discordar da Ex-Deputada Federal Lara Bernardi (PT-SP), a mesma que tentou criminalizar a homofobia através da PLC-122. No seu recente artigo, ela pede para que a sociedade e os grupos militantes se empenhem cada vez mais na luta contra a homofobia. E reforça: “Vamos transformar em delito a homofobia”. Não, Sra. Lara, Não é assim. É cabalmente viável um heterossexual não gostar de um homossexual, como é completamente fiel e legítimo o seu contrário.

O que não é viável é converter essa antipatia em violência, pois se transforma em crime. É crime, não porque a violência seja um “delito homofóbico”, mas porque toda violência é simplesmente um crime. Independente de raça, religião ou condição sexual. Por qual motivo a imagem da estátua da justiça está de olhos vendados?

No final do século XIX, ocorreu o inverso da ideia da Sra. Lara com o escritor irlandês Oscar Wilde (1854-1900). Oscar Wilde era homossexual e misógino por excelência, dizia que a mulher era uma “esfinge sem segredos”. Não obstante, Wilde decidiu processar o Marquês de Queensberry, pai do seu amante, o jovem Bosie.

O motivo do processo? Wilde não gostou de ser chamado de sodomita, pederasta e outros adjetivos pronunciados pelo Marquês. Não deu outra, Wilde colocou-o na justiça. Mas, inusitadamente, o feitiço virou contra o feiticeiro. Em 1895, numa época em que certas atitudes e comportamentos feriam a conduta social da vida inglesa, após três julgamentos, a justiça inglesa condenou o escritor a dois anos de prisão por “atos imorais”. Hoje, Wilde é um mártir dos paladinos da discriminação positiva.

Não concordo com a punição sofrida pelo escritor (Tadinho!). Nessa ocasião, o Estado se transforma em algoz da privacidade do cidadão, da subjetividade humana. Só países autoritários como Irã, Iêmem, Sudão e outros são responsáveis por punições contra o homossexualismo. Essa conduta do Estado beira o primitivismo. É vergonhosa. Nós, cidadãos, Temos que ter a consciência de saber que o Estado é o instrumento menos indicado para tratar de questões subjetivas.

Da mesma forma, não posso convergir com o pensamento da Sra. Lara quando ela tenta transformar em delito uma simples opinião oposta sobre homossexualidade. Nessa situação, o Estado fica a serviço daqueles que tentam impor a qualquer custo seus projetos através de leis. Lei, meu camarada, significa força. Por tanto, essas pretensões ideológicas asfixiam o Estado de direito, a igualdade perante a lei e a liberdade de expressão. Para dar um exemplo: João, que é hetero (situações fictícias), deve ter toda liberdade de achar a conduta de Pedro, que é homossexual, extremamente ridícula. João não pode ser condenado por isso. Convenhamos, existem violências praticadas contra homossexuais porque os delinquentes são na maioria gays enrustidos. Isso é fato.

Dentro do Estado democrático e de direito devem existir todas as condições reais para estabelecer o choque entre ideias. O mundo não pode ser transformado em um parque de diversões. A realidade é sempre massacrante, por isso, algumas pessoas tentam, à toda hora, moldá-la. Todo ser humano adulto deve entender que na vida alguns vão odiá-lo mais, outros, menos (Sorry!). Criminalizar a homofobia por pensarmos diferentes é criminalizar o livre pensamento.

O Estado não pode impor barreiras para o livre pensamento e sim quebrá-las.

Só países totalitários têm projetos de limpezas de “lixos humanos” (refiro-me aos preconceituosos), pois eles não suportam diferentes opiniões. É perfeitamente plausível conviver com pessoas que não gostam de homossexuais, desde que não haja violência entre ambas as partes. Toda atitude manifestada contra a democracia é sinônimo de totalitarismo.

(Kleber Santos)

Deixe um comentário

PUBLICIDADES

A CONVERSA É COM ACÉLIO TRINDADE

EDITAL

APP RAD MAIS

Dra. Nábia, PEDIATRA

FACULDADE IPEDE

REGIONAL TELECOM

Marque Consulta

FC MOTOS

LOJA PARAISO

PREPARATÓRIO PARA CONCURSO

FARMÁCIA DO TRABALHADOR

PANIFICADORA ALFA

OPTICA AGAPE

SUPERLAR

PHARMAJOY

BRILHO DO SOL

 

CAWEB FIBRA

MUNDO DOS PARAFUSOS

Av. SANTOS DUMONT
CONTATO: (99)98161-3612

PARAÍBA A MODA DA SUA VIDA

Venda de Imóveis Codó-MA

HOSPITAL SÃO PEDRO (HSP)

Óticas HP

CARTÃO NOROESTE

 

 

SEMANA RAD+

 

 

GABRIELA CONSTRUÇÕES

Imprima

Lojas Tropical

Mundo do Real

Cacau Show – Codó-MA

 

Reginaldo

Baronesa Janaína

SÔNIA VARIEDADES

RÁDIOS NET

EAD – Grátis

Categorias