ASSISTA: Arrombadores deixam onda de prejuízos em lojas da Trizidela

Os estabelecimentos comerciais ficam um do lado do outro, no bairro TRIZIDELA,  antes do semáforo após a ponte e os bandidos se aproveitaram disso sem ao menos pensarem na altura de cerca de 4 metros das paredes e do teto.

As vítimas acham que a estrutura metálica do outdoor, no início delas,  facilitou o acesso dos arrombadores ao telhado e há, realmente, sinais lá em cima de que isso tenha ocorrido. Depois os meliantes saíram escolhendo em que loja entrar.

Thalita Araújo, sócia de um salão de beleza da área atacada, fez a relação de vítimas e destacou o  prejuízo deixado pelos bandidos no caso dela especificamente.

“Da Serralheira entraram até aqui, entraram na oficina, na película, no laboratório, na madeireira, entraram em tudo só não passaram pra cá por causa da laje (…) o teto quebraram tudo, ventilador, arrebentou nossa vitrine, nosso esmalte, a gente vai ficar mais ou menos uma semana pra poder arrumar tudo…FINANCEIRAMENTE ISSO PESA? Demais, demais, demais porque já estamos nessa crise e ainda enfrentar uma coisa dessa”, disse a empresária

Sangue no chão mostra que alguém se feriu na decida e como a subida é muito difícil pouca coisa os ladrões puderam levar, embora o estrago deixado tenha sido muito grande nas lojas.

Ano passado a Polícia Militar contabilizou 38 crimes desta natureza, em janeiro deste ano já havia mais 3  segundo o comandante da PM que fala da dificuldade de combater estas ações mesmo com polícia fazendo  rondas 24 horas por dia, de domingo a domingo.

Jurandir de Sousa Braga falou do quanto é importante também a colaboração dos empresários.

 “então o que nós aconselhamos, principalmente aos lojistas é que disponham de um sistema de alarme, de um sistema de sensor  pra que possa acionar a Polícia Militar no momento em que esteja acontecendo esse delito, a polícia faz a ronda 24h na cidade de Codó mas as vezes o malfeitor ele escala pelos fundos, então fica difícil pra detectar esse indivíduo cometendo esse tipo de delito”

Um comentário sobre “ASSISTA: Arrombadores deixam onda de prejuízos em lojas da Trizidela”

Deixe uma resposta