Associação de Terecô, Umbanda e Candomblé faz entrega de dinheiro à associados

Mãe de Santo Nilza conta os R$ 1.600,00 recebidos
Mãe de Santo Nilza conta os R$ 1.600,00 recebidos

A Associação de Terecô, Umbanda e Candomblé de Codó e Região realizou ontem à tarde (1º) a entrega de verba federal para 14 pais e mães de santo associados à entidade representativa.

Entre os umbandistas beneficiados com a quantia de R$ 2.000 (menos 20% deste valor que, segundo o presidente Marcelo Senzala, seria o desconto do Imposto de Renda feito por orientação do próprio Governo Federal) estiveram:

  • Mãe Nilza (da rua Vasconcelos Torres)
  • Pai de santo França de João Carrasco
  • Pai de santo Badú
  • Mãe de Santo Maria Júlia
  • Mãe de Santo Maria dos Santos
  • Pai de santo Domingueiros
  • Pai de santo Francisco Milton (da rua Marcos Rocha)
  • Mãe de santo Beatriz (Beata da Tenda São Pedro, rua Paraguai)
  • Mãe de santo ‘Bêja’ (Maria das Graças Costa Santos)
  • Pai de Santo Pombo Roxo
  • Mae de santo Teresinha (da rua Paraguai)
  • Pai de Santo César, do Centro de Oração São Jorge Guerreiro
Marcelo Senzala acompanhou tudo de perto
Marcelo Senzala acompanhou tudo de perto

A cerimônia de entrega foi presidida pelo representante do Fundo Nacional da  Cultura, Leonardo Queiroz, que além do dinheiro, entregou um banner para cada tenda que tinha no meio um diploma reconhecendo a umbanda codoense ao lado da foto da presidente Dilma.

Leonardo Queiroz com mãe de Santo Júlia
Leonardo Queiroz com mãe de Santo Júlia

A iniciativa de Marcelo Senzala foi bastante elogiada pelos umbandistas.

“Quero dizer que hoje nós estamos concentrado com o presidente Marcelo porque ele foi que levou nós lá em Brasília”, disse pai de santo Pombo Roxo

“Pra nós não tem coisa melhor do que tá acontecendo aqui agora, pra nós foi uma luz que levou até a gente e que de agora em diante eu seu que a umbanda, o candomblé, o terecô vai tomar novo rumo dentro do Codó, porque nós somos muito marginalizados, criticados e a gente tá mostrando serviço”, elogiou Mãe Nilza

Leonardo Queiroz pediu para que todos os associados se mantenham em dia com a Associação e anunciou que ano que vem vai lutar, junto com Marcelo Senzala, para que o repasse às tendas de umbanda sejam não mais de R$ 2.000, mas de R$ 7.000,00.

O dinheiro repassado aos associados é parte dos R$ 150.000,00 que o Governo Federal colocou na conta da Associação de Terecô, Umbanda e Candomblé de Codó e Região.

2 comentários sobre “Associação de Terecô, Umbanda e Candomblé faz entrega de dinheiro à associados”

  1. Mas o que o Augusto Serra financia(contribui) durante o ano todo aos umbadistas e etc de Codó se for SOMADO passa de 3000 reais(três mil reais.).

Deixe um comentário