Autoridades municipais discutem Plano de Mobilidade Urbana de Caxias

Os secretários municipais de Transportes, Júnior Martins; Infraestrutura, Antônio Paiva; Urbanismo, Acyr Carvalho; Planejamento, Vidigal Borges; e a representante do Gabinete da Prefeitura, Luciana Batista, se reuniram nessa quarta-feira (19)  para discutir as diretrizes para a implantação do Plano Municipal de Mobilidade Urbana de Caxias.

Reunidos
Reunidos

Esses encontros passarão a ser frequentes, pois o município de Caxias tem pressa de elaborar sua política de mobilidade urbana. “Vamos conversar com frequência, até que tenhamos todos os elementos necessários para a efetiva elaboração do nosso plano de mobilidade urbana, como prevê a lei 12.587/2012”, disse o secretário municipal de Transportes, Júnior Martins.

Trata-se de uma iniciativa ousada e necessária para a melhoria da qualidade de vida dos caxienses. “A mobilidade urbana está presente no nosso dia a dia em diversas situações. Então é necessário que tenhamos o cuidado de trabalhar essa questão, de modo que todos sejam contemplados”, concluiu Martins.

Mais

A mobilidade urbana é um atributo das cidades e se refere à facilidade de deslocamentos de pessoas e bens no espaço urbano. Tais deslocamentos são feitos através de veículos, vias e toda a infra-estrutura (vias, calçadas etc) que possibilitam esse ir e vir cotidiano. Isso significa que a mobilidade urbana é mais do que o que chamamos de transporte urbano, ou seja, mais do que o conjunto de serviços e meios de deslocamento de pessoas e bens. É o resultado da interação entre os deslocamentos de pessoas e bens com a cidade.

Por exemplo, a disponibilidade de meios e infra-estrutura adequados para os deslocamentos de pessoas e bens numa área da cidade pode ajudar a desenvolver tal área. Do mesmo modo, uma área que se desenvolve vai necessitar de meios e infra-estrutura adequados para os deslocamentos das pessoas e bens naquele local.

Pensar a mobilidade urbana é, portanto, pensar sobre como se organizam os usos e a ocupação da cidade e a melhor forma de garantir o acesso das pessoas e bens ao que a cidade oferece (locais de emprego, escolas, hospitais, praças e áreas de lazer) não apenas pensar os meios de transporte e o trânsito.

A construção de uma política nacional de mobilidade urbana é necessária. O Governo Federal, através do Ministério das Cidades, propõe uma política nacional de mobilidade urbana para as cidades brasileiras.

Ascom Caxias

Deixe uma resposta