Bomba – Zito apresenta gravação de líder e acaba com protesto pela ponte do Codozinho

Zito ouve áudio

O prefeito, Zito Rolim, acabou com o protesto dos lavradores que cobravam a construção da ponte sobre o rio Codozinho com uma tacada de mestre. Por volta das 5h30min da tarde, chamou os manifestantes para uma conversa. Ouviu as reclamações e depois pediu para ser ouvido.

Rolim puxou da manga uma gravação. No áudio se ouve o prefeito e o professor Galvão, integrante da Rede de Defesa dos Direitos da Cidadania – Núcleo Codó – que estava a frente do protesto, há meses articulado.

Num carro de som da Prefeitura a conversa foi colocada para que todos a ouvissem. Por causa do tempo da gravação (28min8seg) e da irritação dos lavradores que a ouviam sem muito entender (há muito ruído) Zito interrompeu o áudio e esclareceu que se tratava de uma tentativa de negociação, particular, de José Austríaco Galvão, um dos líderes, com ele. O professor lhe teria feito vários pedidos.

“Essa pessoa queria emprego para a mãe dele, emprego para a namorada dele, queria que eu pagasse um curso de graduação – vou mostrar que estou falando a verdade, a senhora não quer ouvir – queria que eu pagasse o conserto da moto dele. Tá usando vocês, entendeu? E taí, nós vamos distribuir cópias de tudo isso pra vocês aí, agora vocês aí façam juízo de tudo isso aí”, disse Zito Rolim passando, em seguida, o microfone para Alberto Barros e retirando-se para dentro da Prefeitura.

DEFESA DE GALVÃO

Em entrevista ao repórter Leandro de Sá, captada pelos microfones do blogdoacelio, Galvão defendeu-se em meio ao turbilhão de emoções que vivia no momento. Disse que Zito não apresentou a conversa toda, escondendo a parte em que o secretário de educação, Jacinto Junior, lhe oferece o emprego de gestor da Merenda Escolar, hoje do professor Matuzalém.

Prof. Galvão

“Eu provo minha índole, isso aí foi só uma tentativa para comprar, ele não coloca a fita onde seu Jacinto Junior coloca pra mim – há rapaz tu és um menino bom, tu era pra ficar como gestor da merenda, de R$ 640,00 tu vais ganhar R$ 3.000,00. Ele fala isso para desarticular as lideranças, mas ele não vai desarticular não porque nós temos um movimento muito mais pesado sobre isso aí”, disse

Galvão afirmou que sabia que algo de errado estava acontecendo na última quarta-feira, 13, quando conversava com o prefeito.

“Eu deixei, realmente, ele conduziu a conversa, eu sabia que era falcatrua. Como é que dentro do movimento tu és chamado um dia antes como ele fez e tentar comprar a gente dessa forma, qualquer um deixaria ele se levar até onde foi. Agora chama o pessoal da rede e ver se o pessoal da Rede não sabia dessa conversa”, defendeu-se

Rolim teria perguntado quanto ou o quê o integrante da Rede de Defesa da Cidadania para acabar com o protesto.

“A negociação quem faz é ele, só pra induzir. A gente desmascara bandido dessa forma é dessa forma aí, porque o quê, ele fala de uma proposta e ainda diz assim – o que é que tu quer? O que é que tu quer pra acabar com este movimento. Eu não sou Deus não rapaz, essas lideranças me conhecem e confiam em mim”, concluiu

DEU CERTO

Com o discurso de que os lavradores estavam sendo usados por “uma meia dúzia”, como repetiu diversas vezes em seu discurso, Rolim deixou a dúvida na cabeça dos agricultores. O que se viu a seguir foi a tentativa de personagens como professora Chicona, professor Rafael, Arlindo Salazar e professora Virgínia se debatendo para tentar manter unido o movimento, mas já era tarde demais. A bomba de Zito gerou, exatamente, o efeito planejado – o fim da organização.

NA JUSTIÇA

Vale agora ao professor Galvão questionar a legalidade da gravação e cobrar os danos morais advindos do resultado da publicação feita, astutamente, pelo prefeito, levando em consideração, obviamente, seu grau de comprometimento com as alegações do chefe do Executivo. É preciso avaliar se vale a pena.

O embate jurídico deve ocorrer, pois já me foi confirmado pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura que o governo pretende acionar primeiro o professor na Justiça por tentativa de extorsão, segundo o jornalista Alberto Barros. Se confirmado, o professor perde o cargo público que exerce e precisará viver para o resto da vida com o peso de uma sentença do tipo.

Fora da Justiça, o governo já conseguiu o que queria – minar o movimento atingindo, principalmente, sua credibilidade.

Mais triste que tudo isso é saber que a ponte não será construída com a agilidade que os pobres lavradores, que se deslocaram para a cidade, ainda desejam.

23 comentários sobre “Bomba – Zito apresenta gravação de líder e acaba com protesto pela ponte do Codozinho”

  1. o que o prefeito apresentou não tira de suas costas a responsabilidade de construir essa ponte, se o tal do professor fezou não o que estão o prefeito esta dizendo não importa, a questão que mais importa é que a dois anos esses pobres lavradores estão sofrendo, e o governo municipal e estadual só prometem e nada fazem.

  2. eu vi. Cícero de Sousa também por lá.saiu de lá de cabeça baixa que vergonha. e agora o que vão fazer! há quem pagou o carro de som dos manifestaste! foi BN. R.A OU OS PROFESSORES. PREFEITO PRA FOCAR BONITO. CONSTRUA A ESTRADA DAS COMUNIDADES E CONSTRUA A PONTE. FALE COM A ROSEANA SOBRE O CAOS QUE A PONTE ESTA CAUSANDO.

  3. Cícero de Sousa ESTAVA por lá.saiu de lá de cabeça baixa que vergonha. e agora o que vão fazer! há quem pagou o carro de som dos manifestaste! foi BN. R.A OU OS PROFESSORES. PREFEITO PRA FOCAR BONITO. CONSTRUA A ESTRADA DAS COMUNIDADES E CONSTRUA A PONTE. FALE COM A ROSEANA SOBRE O CAOS QUE A PONTE ESTA CAUSANDO.

  4. ESSE PREFEITO Q ESTÁ AÍ Q O POVO CODOENSE CONFIOU ESTÁ DESEPCIONANDO A MAIORIA DOS CODOENSE.FICA DIZENDO Q NÃO TEM VERBA PARA CONSTRUIR A PONTE + TEM DINHEIRO PARA COMPRAR VEREADORES.

  5. Não é bem assim Acélio, o movimento foi muito bem representado por aqueles que realmente precisam da ponte, e o erro do Professor Galvão não pode ser passado aos demais manifestantes. Cabe a organização do movimento expurgar o pilantra do Professor Galvão, e continuar cobrando do executivo o que ele tenta esconder para não ter que resolver o problema. Ali não foi golpe de mestre, foi uma manobra digna de um corrupto que não consegue sequer prestar contas do tempo em que já passou na Prefeitura Municipal de Codó. Zito Rolim é a cópia fiel da bandidagem e junto com ele, alguns assessores e secretários que o aplaude, pois bem da verdade, ele se mostrou frio, calculista, covarde e pequeno, quando tirou da cartola essa gravação, não pelo Professor Galvão, esse merece cadeia, mas por aqueles que reivindicavam o direito de ir e vir pela ponte do Rio Codozinho, onde o culpado não é o povo do manifesto, e sim, o Prefeito Zito Rolim.

    Outra parte triste do discurso do Prefeito Zito Rolim, foi o de dizer que tem pena do povo que ali estava lutando por direitos a cidadania, esquecendo, que não há sentimento mais mesquinho e humilhante, quando alguém diz ter “pena” da gente. Parecia eles sentir prazer no que fizeram ao apresentar a gravação, como se isso fosse o troféu de uma vitória, e por cima, não deram direito de resposta aos manifestantes, aumentaram o som do Mini-Trio da prefeitura para que ninguém mais pudesse falar, calando covardemente os demais líderes do movimento. Até o Pinóquio Alberto Barros, para defender seus interesses e seu cargo, em satisfação do seu ego cruel e tirano, em voz sarcástica e de acusação engrandecedora do feito, jogou para que todos soubessem o nome do acusado de extorsão, Professor Galvão.

    Acreditamos que o acusado, Professor Galvão, precisa dar explicações aos manifestantes e também à justiça, mas o que foi feito pelo Professor não pode refletir nos demais, e nem dar por encerradas as explicações do senhor Prefeito Zito Rolim, que tanto falou mais não convenceu. Licitação estadual, empresa licitada, chuva que impede, prazos e outras coisas. Isso tudo é inaceitável, quando o tempo das necessidades daquele povo já se passa por mais de dois anos. A resposta do Prefeito Zito precisa ser mais consistente, ou melhor, ele precisa rebolar mais na busca de solução, e não ficar indo de forró em forró para rebolar apenas com um rabo de saia.

    Agora, com essa gravação, vai se tentar de todas as formas, como aqui no Blog do Acélio, distorcer toda idealização e foco desse movimento, que visa não somente o melhoramento para os povoados daquela região, e sim, para toda a população de Codó. Afinal, somos beneficiados com a lavoura e as criações daquele povo. E a única pena que devemos sentir de verdade, é que os 115 anos de nossa querida Codó, tenha sido banhada com ódio e descaso por parte do nosso gestor maior. Melhor que uma gravação, seria dar ao seu povo o que lhe é de direito. Mesmo assim: PARABÉNS CODÓ!!!

  6. Fui até um tal bôca no trombone e tentei ler algumas coisas escritas, pelo futuro postulante a uma cadeira na Academia Brasileira de Letras.
    Como sou um bom tradutor vejam o que eu consegui traduzir:

    Cloro é pra colocar na água. Será se numa rural dar pra reunir muitos moradores? Francisco nunca foi Frâcico. Domingo é um dia da samana, não seria domingos? E ai diante, pode ter uma pedra, talvez o grande escritor queria dizer: E daí em diante…Mi só pode ser uma nota musical. Um bine é uma planta escalando que sobe por seus rebentos crescendo em uma hélice em torno de um suporte. Carteira escola, deve ser a carteira da bolsa escola. Aff. como é dificil traduzir linguas estranhas.

  7. É lastimável, que em pleno século 21, ainda existam essas práticas mediocres de politicagem. O gestor público deveria se envergonhar com seus,”planos mirapolantes”,para calar o boca da arraia miúda, oprimida; que vergonha! Devemos ir à luta sair do casulo, chega dessa alienação marginalizadora,que não temos nem o direito de reivindicar o que é nosso, é hora de sermos violentamente pacíficos.

  8. Professor l… ops Galgão está se aproveitando de vocês primeiro iniciou pensando em ganhar a eleição (vereador) depois na conversa com zito tentou extorquir o patrão, mais foi tudo uma gravação e o professor se ferrou… não vai ganhar a extorsão nem as eleiçõess…

    e o povo só ficou na mão
    e a ponte CADÉ
    será se a ponte sai até as eleições que vem para tentar ganhar o voto do mesmo povo que hoje estava na porta da prefeitura tentando fazendo esta revoluoção?
    ??????
    Vai entender esta situação que passa nosso povão que mais uma vez ficou na mão, mais desse assim zito que no próximo ano tem eleição e ai meu filho o povo vai mandar ocê i para aquele lugar……….
    FELIZ ANIVERSÁRIO CODÓ…..

  9. o coitadinho do zito ja tem um grupo de arapongas que bom prefeito vc so mostra quem vc e de verdade. agora se esa moda pega vc vai sofer si alguem resolve divulgar as filmagem que vc tem no motel com a garota? ou aquela garota que vc deu a moto para ela ficar calada resolve falar muitas coisas vai ser divulgada cuidado quem procura acha vc esta indo na onda do alberto barros?

  10. FOI UM ZIRIGUIDUM DANADO, PARECIA UM FORRÓ GOSTOSO DE DANÇAR, DAQUELES QUE SÓ NOSSO GESTOR ZITO ROLIM SABE COMO É. ROLA A NOITE INTEIRA. PORÉM, COM OS ÂNIMOS EXALTADOS, E COM A COLERA NAS MÃOS SEGUNDO PROFESSOR CELSO, ZITO DOMESTICOU A MANIFESTAÇÃO JÁ NA SUA FINALIZAÇÃO, UTILIZANDO-SE DE MEIOS UM TANTO QUANTO DUVIDOSO, TANTO POLITICAMENTE, QUANTO PARA A JUSTIÇA.

    ACREDITO, QUE ELE APRENDEU COM EX-PREFEITO BINÉ FIGUEIREDO, QUANDO NA OPORTUNIDADE FILMOU UM DOS QUE QUERIAM DEPOR CONTRA ELE NO CASO DE CLONAGEM DOS TÍTULOS, NA ELEIÇÃO DE 2005, TENTANDO EXTORQUI-LO. LOGO PERCEBEMOS A SEMELHANÇA: “TUDO É FARINHA DO MESMO SACO”. DIFERENCIADOS APENAS PELA APARÊNCIA, MAS NA HORA DE METER A MÃO…

    TRISTE, FOI PRESENCIAR AS PALAVRAS E A FORMA DE DISCURSAR DO PREFEITO ZITO NA CERTEZA DO ERRO TENTANDO ESCAPAR PARA NÃO MAIS DAR ESCLARECIMENTOS SOBRE O PROBLEMA MAIOR, A PONTE DO RIO CODOZINHO. POVO E PODER ESTAVAM FRENTE A FRENTE, UNS FICAVAM NA ESPREITA DOS ASSESSORES E DOS SECRETÁRIOS, E DE LONGE PODIA SE VER A ARROGÂNCIA DOS VEREADORES DE SITUAÇÃO. OS FAMOSOS PUXA-SACOS ESTAVAM EMBRIAGADOS E POUSAVAM DE ESCUDEIROS DO PREFEITO ZITO ROLIM, FALAVAM ALTO, EMPURRAVAM, XINGAVAM E AMEAÇAVAM, LEMBRARAM A GUARDA MUNICIPAL DO EX-PREFEITO BINÉ. E NÃO É QUE ELES CRITICAVAM QUANDO ERAM OPOSIÇÃO!?

    O PREFEITO AFIRMOU QUE NUNCA TIROU UM CENTAVO DOS COFRES DO MUNICÍPIO, MAS A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR: PORQUE ENTÃO NÃO PRESTOU CONTAS DOS GASTOS DO MUNICÍPIO? O PORQUE DA LIMINAR CONSEGUIDA DE FORMA ILEGAL E INCONSTITUCIONAL, DANDO A ELE O FAVORECIMENTO DE MANTER OCULTA TAL PRESTAÇÃO? E AS LICITAÇÕES QUE FAVORECEM ILEGALMENTE SEUS VEREADORES? SERÁ QUE ZITO NÃO MEXEU MESMO EM NENHUM CENTAVO DE REAL DOS COFRES DO MUNICÍPIO? FICA AQUI ESSAS PERGUNTAS COMO QUESTIONAMENTOS PARA OS LEITORES E BLOGUEIROS.

  11. Seria mais simples para o prefeito fazer a ponte do quê mostrar esta arapongagem,chantagem emocional,falta de desculpa para o povo.
    Com este ato vergonhoso ele se igualou à Biné Figueiredo,Antonio Joaquim,Ricardo Archer.
    Nivelou-se por baixo,tentando desqualificar um movimento passivo que exige apenas que ele realize uma obra para qual foi eleito e prometido.
    Codó nos seus 115 anos esta mergulhado num mar de corrupção, incompetência,neste governo que foi um erro desde o início.
    Parabens Codó pela data,triste Codó pelos seus gestores ,pobre dos seus moradores que ficam à mercê dos Zitos,Binés e Ricardo.
    Vamos fazer destas data um novo tempo,ressurgindo das cinzas da corrupção para um novo futuro que os Codoenses merecem.
    Vamos mudar pra valer, vamos pensar mais em nós e menos nos políticos.Vamos eleger alguém do povo, que concretize a esperança há muito tempo prometido.

  12. Prezado Acélio,não considero “UMA BOMBA”, a gravação,divulgada pelo
    prefeito,objetivando descaracterizar um movimento popular,organizado e
    justo,em busca dos seus direitos de cidadania.A atitude do prefeito,em
    premeditar e gravar uma conversa,para usar como uma desculpa,por não
    cumprir a sua obrigação,demonstrou, o caráter imoral e a pequenez de
    de uma figura asquerosa,ignóbil.As relações, “PREFEITO E O POVO”,Já
    estão definidas.A repulsa,falada,cantada e escrita,contra o atual
    gestor municipal,descumpridor das suas promessas,enganador para não
    prestar contas,fraudador de licitações,mentiroso nas suas afirmações,
    já chegou ao extremo.Ou tomemos uma atitude,capaz de sustar os golpes
    nas finanças municipais,capaz de fazer funcionar uma saúde em prol dos
    nossos irmãos codoenses,capaz de fazer”EXISTIR”uma educação verdadeira,
    sem as mentiras pregadas,ou então,resta-nos apenas esperar por uma
    justiça,sempre tardía para o que almejamos.Codó,Codó, com os seus 115
    anos,Codó,destruído em dois anos e quatro meses por um forasteiro de
    máscara santa com o demônio na mente. (Observação,esta mensagem foi
    gravada)

  13. Tomás,eu estava na praça sim,fui olhar a manifestação.Não sai com vergonha e nem estimulado por defesa de prefeito, tambem não faço parte do movimento específico da reclamação da ponte.Fui porque o assunto foi bastante badalado na TV.Mas, quando vi que o diálogo, do prefeito com o movimento, seria através de carro de som e não de uma comissão dentro da prefeitura, não vi mais sentido de estar ali.

    Por outro lado,como viajei para Teresina por conta de uma especialização,só
    tomei conhecimento da gravação na tarde do sábado.Quero te confessar que nada vai fazer eu baixar a cabeça contra teu prefeito traidor das causas sociais,das bandeiras que defendemos durante a campanha.Nem que eu fique só,mas estarei lutando para me redimir por conta ter ficado ao lado desse homem,Zito,que aos poucos vai revelando a sua verdadeira natureza.

    Seria mais justo e ético se ele,ao invés da gravação nas dependências da prefeitura,tivesse iniciado a ponte.

    Agora, Tomás,o teu prefeito que implantou uma administração sem transparência e familiar, é eese homem da gravação que se sujeita a dialogar dessa forma.

    Ademais, aqui cabe umas perguntas:Os diálogos dele com os fornacedores são gravados?A mulher que vai pedir algo tá sendo gravada?O homem que vai pedir algo tá sendo filmado?Quem faz uma gravação clandertina dessa pode tá fazendo o que com o dinheiro público?O Galvão foi espontaeamente ou foi chamado pelo prefeito?

    1. porque essa defesa toda? o galvao ta certo no que fez? por a caso o seu patrão nao filma em sua empresa? ou aquela tv que fica ao lado dele é apenas enfeite? qual é respeite aos autoridades isso é biblico, não estou aki defendendo o zito e nem quero, mais vc e seus patrões não são a salvação para codó, vc sabe como vc foi nas eleições, deixa o fc se lançar candiato pra ele ver se o povo o ama mesmo.
      meu muito obrigado.

  14. NAVERDADE, isso prova mais uma vez que o prefeito de Codó Zito Rolim vem se ultilizado de falcatruas para esconder o que ele faz com o dinheiro publico.

    Como ele ultilizou-se de um meio espurio, ou seja, uma gravação escondida com uma das lideraça. A mesma coisa ele faz com os recursos publicos “faz uma gravação escodida”

  15. Codó chegou aos 115 anos.
    E do além ecoou gritos e murmuros de pranto e lamento.
    Não era para ser assim,pois pela data comemorativa da cidade e pela celestial dificuldade em fazer chegar aos nossos ouvidos estes sons,era para ser de alegria e regozijo.
    Codoenses que se foram à muito tempo e recentemente,se unem numa só voz suplicando que amemos nossa cidade e façamos dela um exemplo de desenvolvimento,honestidade e oportunidade para os mais carentes.
    Essas virtudes e ações cabe aos nossos governantes, que cada vez mais cometem atos mais cruéis e desonestos aos nosso sofrido povo.
    Os mortos só veem e lamentam, mas cabe aos vivos renovar sempre a esperança imortal e o trabalho honesto desses que verdadeiramemte queriam o bem de nossa cidade.
    Vamos deixar que nossos entes queridos que já foram, descansem em paz.Mesmo porquê em vida,amavam nossa cidade deram sua contribuição de honra e trabalho.
    Vamos pensar nos vivos, que precisam da mais empregos, mais saúde,melhor educação e felicidade.
    Crianças,jovens e idosos, querem uma cidade melhor ,que nossos governantes executivo e legislativo insistem em depredar,saquear,roubar sem nenhum pudor.
    Não é preciso citar nomes, pois toda cidade sente na pele ,a incompetência, o despreparo e a corrupção dos “políticos atuais”.
    Desonestos também são aqueles que se apresentam nesta crise, como falsos salvadores da cidade, como se de uma forma ou de outra, eles não contribuiram para este quadro caótico.
    Critiquem,denunciem,protestem, mas deixem para o ano que vem para posarem de candidatos e deixem que o povo sabiamente escolham o melhor.
    Que estes gritos que ecoaram do além, penetrem nos lugares mais inexplorável do nosso cérebro, blindando nossa consciência política de falsas promessas e de políticos de caráter sombrio que se multiplicam geometricamente em nossa cidade.
    Viu Codó como voçê é querida, pois até do além vieram pedir por ti.Agora façamos desses gritos o grito de todos nós, forte, vibrante dizendo:
    – Parabéns Codó, nós nao desistiremos de ti.

  16. POUCO VERGONHA É POUCO………. ZITO, NAO PRECISAVA TUDO ISSO. O POVO SÓ QUE A PONTE, É A VC QUE ELES TEM QUE APELAR. PRA QUE FICAR USANDO DE ARTIFICIOS TÃO SORDIDOS COMO ESSE. CADÊ O MP QUE NAO SE MANIFESTA E ACABA COM ESSA PALHAÇADA. FICAR DESVIANDO ATENÇÃO DO POVO NAO DAR. PRA MIM O TIRO SAIU PELA CULATRA ZITO.

Deixe um comentário