CARTA AO PREFEITO alerta para deficiências do HGM que inviabilizarão parceria com Albert Einstein

Uma carta anônima foi enviada ao blogdoacelio alertando ao prefeito Francisco Nagib sobre as necessidades que passam a existir depois que um município firma a parceria com o hospital paulista Albert Einstein. Conforme a carta, que parece ter sido escrita por um médico, existem muitas deficiências no HGM que atrapalharão os possíveis benefícios da parceria porque, entre outros motivos, os especialistas do Einstein não encontrarão o mínimo suporte para dar uma diagnóstico mais preciso. Acompanhe abaixo a íntegra da CARTA AO PREFEITO:

Carta ao prefeito Francisco Nagib

Francisco, vc está sendo enganado, ou menos grave, mal assessorado.

Eu sempre fui um defensor da telemedicina, mas se vc mesmo que o auxílio dos médicos do Einstein funcione, preste atenção ao que falta no HGM.  Estou de falando de coisas que são compradas com pouco dinheiro. Esses médicos do Einstein vão precisar de meios diagnóstico que o HGM não dispõe.

Um exemplo:
No caso de suspeita de uma arritmia cardíaca, os médicos vão querer saber de alguns exames:
– Eletro do coração, mas vão dizer que no HGM não tem aparelho de eletrocardiograma, ou que a máquina está sem papel?
– Quando o médico do Einstein perguntar pela dosagem de eletrólitos do paciente( potássio e magnésio),  aí vão dizer pra ele que em Codó não faz dosagem de eletrólitos e que não tem disponível para o paciente com essa emergência?
– Aí se esse médico perguntar quanto está a pressão arterial do doente, vão dizer que não mediram a pressão arterial do doente porque no hospital de 120 leitos só tem um aparelho de medir pressão e que ninguém sabe onde esse aparelho se encontra???
– Mas se esse médico lá do Einstein conseguir fazer um diagnóstico de insuficiência cardíaca para esse paciente da emergência cardiológica, esse médico do Einstein prescreverá uma droga vasoativa (dobutamina) em bomba de infusão,  vão dizer pra ele que no HGM-Codó não tem essa medicação e nem a bomba de infusão?

Segundo exemplo:
Paciente adentra ao HGM com pico hipertensivo, sonolento, rebaixamento do nível de consciência, desvio de comissura labial ( boca torta), levando isso a suspeita de AVC- acidente vascular encefálico.

Esse médico do Einstein irá pedir a tomografia computadorizada do doente, mas vão dizer ao  especialista do Einstein que o pedido de tomografia está na regulação do estado e que sendo otimista em 48 horas a película da tomografia estará pronta  e que o laudo do exame estará pronto em uma semana???

Mas se antes disso ele sugerir que o doente seja posto em suporte de O2 em máscara de Venturi,  ou mesmo em ventilação mecânica invasiva (respirador mecânico), vão dizer ao médico do Einstein que o único tipo de suporte de O2 disponível no HGM é cateterzinho de O2?

Vão dizer pra esse médico do Einstein que no HGM-Codó não tem como medir os sinais vitais adequadamente: pressão arterial por falta de aparelho de pressão que custa 50 reais, não tem aparelho pra fazer oximetria de pulso que custa muito pouco, não tem como fazer a cardioscopia adequada do doente, mas e se o médico do Einstein pedir uma gasometria arterial, vão dizer que não tem no HGM-Codó??? Olha, esses médicos de São Paulo pedem gasometria arterial pra tudo, quando vai ter no HGM-CODÓ um gasômetro e dosagem de eletrólitos???
Eles vão perguntar muito por esses exames.
Estou falando de coisas simples!!!

Francisco, as coisas estão atravessadas… deveria ir do mais simples para o mais complexo.
Faltam no HGM-Codó os aparelhos mais básicos e baratos.

A melhor forma de evitar que os pacientes do HGM-Codó morram, é impedindo que eles compliquem!!!
Faz-se com exames básicos adequados, mantendo a farmácia do hospital abastecida de medicamentos, uma boa tomografia, um aparelho de eletrocardiograma simples, um bom ultrassom, um bom aparelho RX, o revelador de RX do HGM está muito ruim, se o médico do Einstein pedir um RX, vão mostrar pra ele a foto de RX muito ruim???

Francisco, vc deveria conversar mais com os profissionais de saúde do HGM, tem pessoas bem formadas e instruídas lá!!!

 

33 comentários sobre “CARTA AO PREFEITO alerta para deficiências do HGM que inviabilizarão parceria com Albert Einstein”

  1. Acélio vendo a matéria postada de uma carta enviada ao Prefeito, onde ela fala que o básico nós não temos, então a enfermeira que a meses atrás perdeu o pai por falta de uns desses aparelhos e medicamentos teve razão e conhecimento de causa em denunciar nos meios de comunicação; e outra coisa que me chamou atenção que depois desse episodio houve mudança na direção do hospital mais a estruturação que deveria ser prioridade para um melhor atendimento para quem precisa me parece que não houve ainda. acho que o Senhor Prefeito tem que primeiro estruturar o hospital para depois fazer parcerias com hospitais de alto nível em nosso País. Não se constrói casa começando do teto e sim do alicerce, a saúde do município precisa urgente de melhorias e não vai ser essa parceria sem uma estrutura mínima que vai mudar a saúde do nosso município.

  2. Parabéns ao blogueiro e, principalmente, ao escritor da carta. Já em relação ao Prefeito “Novo” da Cidade, acho melhor rever seus conceitos sobre administração pública…

  3. Amigo Acélio, eu postei um comentário há dois dias falando sucintamente do projeto de telemedicina do Einstein, mas o autor dessa carta possui envergadura intelectual e técnica para discorrer sobre o assunto. Sobre a assessoria péssima do Nagib, que só sabe sorrir ao lado dele nas fotos em eventos, deveria ser demitida. As nomeações para cargos comissionados são o calcanhar de aquiles da atual gestão. Prefeito seria mais discreto empregar o marido e ao invés de por na folha a esposa e os filhos, alugar um imóvel, veículo ou dar um contrato de prestação de serviços ao seu colaborador. E ainda existe outras maneiras de ajudar colaboradores sem ser através da folha de servidores. Com esse método de empregar a família inteira do colaborador, você vai apanhar na mídia até o último dia de sua gestão.

  4. PARABÉNS ANÔNIMO. E ASSIM QUE SE AJUDA UMA ADMINISTRAÇÃO, DIZENDO A VERDADE. NÃO E COMO UM BANDO DE CUSPIDOR DE MICROFONE, QUE FICAM SÓ LATINDO. CABE AGORA AO SENHOR PREFEITO FAZER A COISA CERTA.

  5. Admiro a iniciativa do prefeito de Codó em tentar melhorar os serviços de saúde do município, mas pelo que tenho visto não só nesta administração, mas nas demais de outrora, que um dos maiores entraves é a valorização e qualificação dos profissionais que já trabalham nos devidos setores e como cita a carta falta o básico na maioria dos casos… acho até que no HGM não tem um equipamento de tomografia e como os profissionais podem ser cobrados se não tem equipamentos mínimos para um bom diagnostico e o quantitativos de pessoal trabalhando nem se fala, sobrecarregando os poucos profissionais de saúde. E na atual gestão outro problema, contratados nos cargos de chefia ganhando bem e trabalhando pouco, e por outro lado os servidores efetivos trabalhando muito ganhando pouco e sendo imputados a estes o mal do sistema.

  6. Na verdade, tão querendo tão somente “vender” a ideia de que agora no HGM tem atendimento de “primeiro mundo”. Pra maioria da população, que não é esclarecida, o engodo pode até funcionar, mas a realidade, como explanou o missivista, é estarrecedora. Fazer política com a vida-morte alheia é uma crueldade.

    1. Ótimo comentário Dr. Cascagrossa, enquanto não tivermos uma população bem educada e consciente de seus direitos e deveres; vai ser como “enxugar gelo”.

  7. Parabéns a quem mandou esta carta mostrando conhecimento no assunto e parabéns ao acelio Trindade que fez a divulgação. Agora compete ao poder público tomar as providências.

  8. temos que entender que Codó dá nem para se comparar com Timbiras, Codó não tem nada, só propaganda barata de um pequeno ditador espero que a população acorde e em 2020 deem as resposta nas urnas. #forapequenoditador

    1. falaram muita coisa boa mas no fim cagaram tudo com a opiniao do dr verdade falando neste municipio que devia ser tirado do mapa chamado T I M B I R A S.

  9. Seria cômico se não fosse trágico! Sinceramente acho muita mídia para esconder a real incapacidade desse prefeito. Quem tem um pouquinho só de conhecimento e mais uma pitada de senso crítico, mas adicionada uma pequena auto-reflexăo vai ver que estão enganando os incautos e mal-informados. Triste mais é essa nossa realidade, “fazem de conta que administram, sendo que os interesses são outros e povo mal-informado acredita.

  10. Acho engraçado esse povo que defende a saúde do hgm, olha a FAMÍLIA vocês podem precisar do que tá faltando no hgm, acordem e parem de pensar só no salário de vocês!

  11. Saúde, pelo que eu li ele diz que não tem, então vc fala “estão sendo comprados”, certo só que eles inauguraram um metodo de video conferencia antes de comprar os aparelhos e então o medico está certo se pedirem agora, eles vão falar, estão sendo comprados.

    1. Desde do início do governo que falam que estão sendo comprados meu caro, espero que o prefeito ajeite o hgm mesmo, irá ficar na história.

  12. Segundo Franciscoo hgm já está instalado o projeto telemedicina portanto os aparelhos deveria ter sido comprados antes da instalacao e nao depois Isso e se for verdade eu nunca vi antes um governp com tanto devaneio

  13. Escreve e não se identifica. Quem quer ajudar não se faz de carta anônima. Não seria melhor ele procurar o prefeito e falar o que é melhor para Codó?

  14. A administração do município tem muita gente preparada e competente. Não são valorizados. É mais prático trazer alguém de fora. O prefeito tem um grupo de sumiços que o cerca e não permite que ele fale com quem deveria falar.

  15. Aparentemente o caso do hgm é mais sério que imaginamos. Falta tudo É estarrecedor o que a população de codo passa quando precisa de um bem maior: A Saúde.

Deixe um comentário