Chaguinha critica insegurança e diz que a razão está no tráfico de drogas

O vereador Chaguinha da Câmara destacou em seu discurso ontem a falta de segurança dentro do município de Codó.

“Coisas que nos deixa triste quando a gente volta ao passado através de fotografias da nossa pacata cidadizinha chamada Codó”, iniciou

Citou crimes das últimas semanas, pelo menos 6 pessoas foram assassinadas.

“Hoje Codó, que tanto nos trouxe tranquilidade, Codó hoje não deixa a sua população sequer uma semana sem ter a sua família não perca um ente querido. Semana trazada 3 jovens perderam a sua vida no município de Codó. Semana passada, 3 jovens novamente, pastor, perderam a sua vida, na cidade de Codó, de forma violenta, é triste”.

“Hoje é triste a atual situação que vive a população de Codó. Nós vereadores estamos fazendo a nossa parte, a sociedade civil organizada está fazendo a sua parte, a polícia está fazendo a sua parte. Eu pergunto aos companheiros vereadores, à nossa plateia – aonde nós erramos, o que, realmente, devemos estar fazendo para nós possamos proporcionar segurança à nossa população?”

TRÁFICO E MORTES

Depois de questionar sobre que erros todos estão cometendo, Chaguinha indicou aquilo que, para ele, é a fonte de toda esta criminalidade galopante, consubstanciada em número alto de assassinatos.

Na opinião do vereador tudo passa pelo tráfico e pelo uso de drogas.

“Codó com aproximadamente 130 mil habitantes não tem sequer um centro de reabilitação de jovens, dependente químico. Eu falo aos colegas aqui presente, está aí a grande falha, é o que está no ocasionando, o que está trazendo a violência no município de Codó. Acredito eu que, com certeza absoluta, estes jovens não estão matando outros a toa, está relacionado ao tráfico, são queimas de arquivos, são jovens viciados que chega pra assaltar o cidadão, vai reagir e ele termina matando aquele cidadão”, concluiu

3 comentários sobre “Chaguinha critica insegurança e diz que a razão está no tráfico de drogas”

  1. A MAIOR PARTE DOS ATOS DE VIOLÊNCIA EM CODÓ ESTÁ RELACIONADA COM O TRÁFICO DE DROGAS O QUE COLOCA EM PRIMEIRO PLANO O TRAFICANTE. PORTANTO NÃO NOS ESQUEÇAMOS QUE O SUSTENTÁCULO DO TRAFICANTE ESTÁ NO CONSUMIDOR DO SEU PRODUTO. QUANDO A POLÍCIA CONSEGUE FAZER UMA APREENSÃO AQUI NA CIDADE SE FALA EM QUILOS DE MACONHA E QUILOS DE CRAQUE O QUE DÁ PARA IMAGINAR QUE O NÚMERO DE PESSOAS QUE COMPRAM ESSES PRODUTOS NÃO É POUCO. O TRAFICANTE “VAREJISTA” NÃO SAI DE CASA EM CASA OFERECENDO SEU VENENO SÃO SEUS “CLIENTES” QUE SOBEM OS MORROS E PROCURAM OS GUETOS PARA SE ABASTECEREM DESSA PRAGA QUE ESTÁ ADOECENDO A NOSSA SOCIEDADE. PORTANTO, NA MINHA OPINIÃO, O QUE COMPRA A DROGA PARA CONSUMIR É TÃO CRIMINOSO QUANTO O QUE VENDE. O COMÉRCIO PARA SE FIRMAR DEPENDE DA LEI DA OFERTA E DA PROCURA

  2. CARO VEREADOR CHAGUINHA! QUAL É MESMO A PARTE QUE O SENHOR ESTAR FAZENDO PRA ERRADICAR O TRÁFICO E O USO DE DROGAS EM CODÓ? LEMBRO-ME BEM QUE EM SEU DISCURSO QUANDO CANDIDATO DEFENDIA A CRIAÇÃO DESTE CENTRO DE RECUPERAÇÃO DE DROGADOS. E O QUE O SENHOR JÁ FEZ ATÉ AGORA PRÓXIMO DO FINAL DE SEU MANDATO PARA CRIAÇÃO DESTE CENTRO??????????????????????

  3. Temos sim um centro de reabilitação de drogados em Codó, que por sinal luta com muita dificuldades. Chama-se “Casa Mãe do Divino Amor” e se tivesse o apoio das autoridades poderia fazer um trabalho bem mais abrangente. Essa instituição é dirigida pelo Padre Orlando.

Deixe uma resposta