Chaguinha faz discurso em prol da aposentadoria dos servidores da Câmara

Chaguinha e Gracinaldo
Chaguinha e Gracinaldo

O vereador Chaguinha da Câmara fez um discurso em defesa dos funcionários da Casa Legislativa que estão trabalhando sem a menor perspectiva de um dia vir a se aposentar, uma vez que não há contribuição para com a Previdência Social.

Segundo Chaguinha,  tem gente com 23 anos de serviço, prestes a concluir o tempo de trabalho  exigido de aposentadoria, mas que não gozará deste direito.

“Hoje nós temos colegas até de 23 anos que não tem o FGTS e quando sai daqui não tem direito à nada, ainda bem que o senhor (Presidente) é uma pessoa abençoada por Deus e quando assumiu não demitiu ninguém, pelo contrário, fez foi contratar aumentando o quadro de funcionários da Câmara eu só tenho a lhe parabenizar por este ato”, disse

Pediu ao presidente Chiquinho do Saae que dê à este problema  a atenção que outros presidentes não deram.

“Quero aqui pedir à Vossa Excelência que veja este problema com carinho porque isso já aconteceu com colegas da gente e eu não quero, de maneira alguma, que este problema volte a acontecer”, pediu

CHIQUINHO DO SAAE

Chiquinho do Saae garantiu que fará de tudo para acabar com o problema que vem se arrastando há décadas, passando de presidente para presidente.

“Nós vamos com certeza fazer de tudo para que se regularize”, garantiu o presidente

2 comentários sobre “Chaguinha faz discurso em prol da aposentadoria dos servidores da Câmara”

  1. KKKKKKKKKKKK chaguinha se o presidente acabou de dizer que a camâra recolheu e nunca pagou o INSS dos funcionários, vc quer aposentadoria. VC É … RAPA, presta atenção na conversa, parece que vc votou no BINÉ.

  2. Fernandinho Beira-Mar começa a estudar teologia em presídio federal
    PUBLICIDADE

    LUIZ CARLOS DA CRUZ
    COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, DE CASCAVEL

    Atualizado às 11h28.

    Considerado um dos maiores traficantes do país, Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, começou a cursar a faculdade de teologia no presídio federal de Catanduvas (PR), onde cumpre pena atualmente.

    Beira-Mar é condenado a 80 anos de prisão por crimes em 2002
    ‘Tô preso, mas não tô morto’, diz Beira-Mar em gravação

    Aprovado no vestibular da FTBP (Faculdade Teológica Batista do Paraná), Beira-Mar realizará o curso à distância, por meio de apostilas. A primeira já foi entregue.

    A faculdade prevê, ao todo, 3.180 horas de aulas com temas relacionados à sociologia, filosofia, história, teologia, sociologia, metodologia, entre outros.

    Todas as provas serão acompanhadas por um professor da instituição que será escolhido por sorteio.

    O traficante demonstrou interesse em estudar teologia durante um culto evangélico ministrado pelo capelão Luiz Magalhães, pastor da Igreja Batista do Bacacheri, de Curitiba.

    De acordo o professor Jaziel Guerreiro Martins, diretor da faculdade, Beira-Mar começou a questionar o capelão sobre questões relacionadas à fé e disse que gostaria de conhecer “mais a fundo” a religião.

Deixe um comentário