Chiquinho do Saae diz que tentativa de cassá-lo por acúmulo de cargo é desvio de foco

Chiquinho do Saae irritou-se com o fato do atual presidente está pedindo explicações formais sobre acúmulo de cargos públicos para ele e o companheiro Hildemberg Oliveira.

Afirmou que desenvolve seu trabalho no Saae dignamente e não fica se valendo das benesses do governo, se tiver que deixar um dos cargos públicos que exerce optará pelo mandato eletivo em respeito ao seu povo.

“Se eu dever eu quero pagar com dignidade, se tiver que optar, se a Justiça assim determinar, eu estarei pronto porque eu fui eleito pelo povo foi pra defender o povo, não irei me esconder atrás de nenhuma cortina”, garantiu

Na opinião do vereador, a intenção dos colegas governistas é desviar o foco da ação popular impetrada semana passada no Fórum de Codó, por dois bacharéis em direito, pedindo a cassação do prefeito Zito Rolim por improbidade administrativa.

Chiquinho ofereceu cópias da ação aos interessados na sessão ordinária.

6 comentários sobre “Chiquinho do Saae diz que tentativa de cassá-lo por acúmulo de cargo é desvio de foco”

  1. Porque que assessoria de comunicação do Zito não divulgou que recebeu R$ 216.300,00 para fazer o carnaval de Codó, contratando Bandas ruins,
    veja abaixo a relação, o curioso é que Codó quase 5 vezes mais que Timom

    Fonte: Blog Jhon cutrim do Jornal Pequemo

    O Governo do Maranhão, através da Secretaria de Estado da Cultura, realizou uma centena de convênios com as prefeituras municipais viabilizando recursos para realização do Carnaval deste ano, como parte do projeto “Carnaval da Tradição”.

    Em um rápido levantamento feito pelo blog no Diário Oficial, foi possível verificar que no carnaval dos milhões promovido pelo governo Roseana Sarney, as prefeituras, em contrapartida, ganharam uma mixaria para promover suas festas de Momo.

    De acordo com os convênios publicados na primeira semana de março de 2011, o valor médio de cada repasse feito aos municípios foi de R$ 20.600,00, alterando para cima ou para baixo.

    O município de Igarapé Grande, por exemplo, com população estimada de 11.019 pessoas (Censo 2010) foi agraciado com R$154.500,00. Enquanto isso, a cidade Pinheiro, com 77 mil habitantes e detentora de um dos mais tradicionais carnavais do Estado, recebeu apenas R$20.600,00. Uma diferença discrepante.

    A exemplo do ano passado, não se sabe explicar os critérios utilizados pelo secretário de Cultura, Luís Bulcão, na distribuição dos recursos. Com certeza os interesses políticos não foram colocados em juízo para a liberação dos recursos.

    Veja abaixo quanto cada município recebeu para fazer o carnaval.

    Relação dos municípios beneficiados

    Parnarama: R$51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Riachão: R$20.600,00(vinte mil, e seiscentos reais);
    Bom Lugar: R$123.600,00(cento e vinte e tres mil e seiscentos reais);
    Amapá do Maranhão: R$20.600,00(vinte mil e seiscentos reais);
    Santa Helena: R$123.600,00(cento e vinte e tres mil e seiscentos reais);
    Matinha: R$20.750,00(vinte mil, setecentos e cinquenta reais);
    Barreirinhas: R$103.000,00(cento e tres mil reais);
    Icatú: R$21.000,00(vinte e hum mil reais);
    Santo Antonio dos Lopes: R$ 20.600,00(vinte mil, e seiscentos reais);
    Pinheiro: R$20.600,00(vinte mil, e seiscentos reais);
    Santana do Maranhão: R$21.000,00(vinte e hum mil reais);
    Rosário: R$51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Arari: R$51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais):
    Joselândia: R$10.300,00(dez mil e trezentos reais);
    Primeira Cruz: R$51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Timon: R$51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Paço do Lumiar: R$ 51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    São José de Ribamar: R$ 206.000,00(duzentos e seis mil reais);
    Cajarí: R$ 77.250,00(setenta e sete mil, duzentos e cinquenta reais);
    Bacabal: R$103.000,00(cento e tres mil reais);
    Coroatá: R$103.000,00(cento e tres mil reais);
    Pirapemas: R$ 51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Pedro do Rosário: R$14.420,00(quatorze mil, quatrocentos e vinte reais);
    Lago dos Rodrigues: R$ 10.300,00(dez mil e trezentos reais);
    Codó: R$ 216.300,00(duzentos e dezesseis mil e trezentos reias);
    Timbiras: R$ 77.250,00(setenta e sete mil, duzentos e cinqüenta reais);
    Olinda Nova: R$ 51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Luís Domingues: R$ 51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Peritoró: R$ 51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Santa Rita: R$ 41.200,00(quarenta e hum mil e duzentos reais);
    Godofredo Viana: R$ 10.300,00(dez mil e trezentos reais);
    Bernardo do Mearim: R$ 10.300,00(dez mil e trezentos reais);
    Igarapé Grande: R$154.500,00(cento e cinquenta e quatro mil e quinhentos reais);
    Carutapera: R$103.000,00(cento e três mil, reais);
    Presidente Juscelino: R$ 20.600,000(vinte mil e seiscentos reais);
    Porto Franco: R$51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Miranda do Norte: R$ 238.500,00(duzentos e trinta e oito mil e quinhentos reais);
    Lago do Junco: R$ 72.100,00(setenta e dois mil e cem reais);
    Gonçalves Dias: R$ 20.600,00(vinte mil e seiscentos reais);
    Imperatriz: R$ 206.000,00(duzentos e seis mil reais);
    Montes Altos: R$ 51.500,00 (cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    São Félix de Balsas: R$ 144.200,00(cento e quarenta e quatro mil e duzentos reais);
    Colinas: R$ 103.000,00(cento e tres mil reais);
    Turiaçú: R$ 51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Coelho Neto: R$ 30.900,00(trinta mil e novecentos reais);
    Axixá: R$ 30.900,00(trinta mil e novecentos reais);
    São Pedro dos Crentes: R$ 10.300,00(dez mil e trezentos reais);
    Magalhães de Almeida: R$195.700,00(cento e noventa e cinco mil e setecentos reais);
    Mata Roma: R$ 360.500,00(trezentos e sessenta mil e quinhentos reais);
    Passagem Franca: R$ 180.250,00(cento e oitenta mil, duzentos e cinquenta reais).

  2. Porque que assessoria de comunicação do Zito não divulgou que recebeu R$ 216.300,00 para fazer o carnaval de Codó, contratando Bandas ruins,
    veja abaixo a relação, o curioso é que Codó quase 5 vezes mais que Timom

    Fonte: Blog Jhon cutrim do Jornal Pequemo

    O Governo do Maranhão, através da Secretaria de Estado da Cultura, realizou uma centena de convênios com as prefeituras municipais viabilizando recursos para realização do Carnaval deste ano, como parte do projeto “Carnaval da Tradição”.

    Em um rápido levantamento feito pelo blog no Diário Oficial, foi possível verificar que no carnaval dos milhões promovido pelo governo Roseana Sarney, as prefeituras, em contrapartida, ganharam uma mixaria para promover suas festas de Momo.

    De acordo com os convênios publicados na primeira semana de março de 2011, o valor médio de cada repasse feito aos municípios foi de R$ 20.600,00, alterando para cima ou para baixo.

    O município de Igarapé Grande, por exemplo, com população estimada de 11.019 pessoas (Censo 2010) foi agraciado com R$154.500,00. Enquanto isso, a cidade Pinheiro, com 77 mil habitantes e detentora de um dos mais tradicionais carnavais do Estado, recebeu apenas R$20.600,00. Uma diferença discrepante.

    A exemplo do ano passado, não se sabe explicar os critérios utilizados pelo secretário de Cultura, Luís Bulcão, na distribuição dos recursos. Com certeza os interesses políticos não foram colocados em juízo para a liberação dos recursos.

    Veja abaixo quanto cada município recebeu para fazer o carnaval.

    Relação dos municípios beneficiados

    Parnarama: R$51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Riachão: R$20.600,00(vinte mil, e seiscentos reais);
    Bom Lugar: R$123.600,00(cento e vinte e tres mil e seiscentos reais);
    Amapá do Maranhão: R$20.600,00(vinte mil e seiscentos reais);
    Santa Helena: R$123.600,00(cento e vinte e tres mil e seiscentos reais);
    Matinha: R$20.750,00(vinte mil, setecentos e cinquenta reais);
    Barreirinhas: R$103.000,00(cento e tres mil reais);
    Icatú: R$21.000,00(vinte e hum mil reais);
    Santo Antonio dos Lopes: R$ 20.600,00(vinte mil, e seiscentos reais);
    Pinheiro: R$20.600,00(vinte mil, e seiscentos reais);
    Santana do Maranhão: R$21.000,00(vinte e hum mil reais);
    Rosário: R$51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Arari: R$51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais):
    Joselândia: R$10.300,00(dez mil e trezentos reais);
    Primeira Cruz: R$51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Timon: R$51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Paço do Lumiar: R$ 51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    São José de Ribamar: R$ 206.000,00(duzentos e seis mil reais);
    Cajarí: R$ 77.250,00(setenta e sete mil, duzentos e cinquenta reais);
    Bacabal: R$103.000,00(cento e tres mil reais);
    Coroatá: R$103.000,00(cento e tres mil reais);
    Pirapemas: R$ 51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Pedro do Rosário: R$14.420,00(quatorze mil, quatrocentos e vinte reais);
    Lago dos Rodrigues: R$ 10.300,00(dez mil e trezentos reais);
    Codó: R$ 216.300,00(duzentos e dezesseis mil e trezentos reias);
    Timbiras: R$ 77.250,00(setenta e sete mil, duzentos e cinqüenta reais);
    Olinda Nova: R$ 51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Luís Domingues: R$ 51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Peritoró: R$ 51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Santa Rita: R$ 41.200,00(quarenta e hum mil e duzentos reais);
    Godofredo Viana: R$ 10.300,00(dez mil e trezentos reais);
    Bernardo do Mearim: R$ 10.300,00(dez mil e trezentos reais);
    Igarapé Grande: R$154.500,00(cento e cinquenta e quatro mil e quinhentos reais);
    Carutapera: R$103.000,00(cento e três mil, reais);
    Presidente Juscelino: R$ 20.600,000(vinte mil e seiscentos reais);
    Porto Franco: R$51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Miranda do Norte: R$ 238.500,00(duzentos e trinta e oito mil e quinhentos reais);
    Lago do Junco: R$ 72.100,00(setenta e dois mil e cem reais);
    Gonçalves Dias: R$ 20.600,00(vinte mil e seiscentos reais);
    Imperatriz: R$ 206.000,00(duzentos e seis mil reais);
    Montes Altos: R$ 51.500,00 (cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    São Félix de Balsas: R$ 144.200,00(cento e quarenta e quatro mil e duzentos reais);
    Colinas: R$ 103.000,00(cento e tres mil reais);
    Turiaçú: R$ 51.500,00(cinquenta e hum mil e quinhentos reais);
    Coelho Neto: R$ 30.900,00(trinta mil e novecentos reais);
    Axixá: R$ 30.900,00(trinta mil e novecentos reais);
    São Pedro dos Crentes: R$ 10.300,00(dez mil e trezentos reais);
    Magalhães de Almeida: R$195.700,00(cento e noventa e cinco mil e setecentos reais);
    Mata Roma: R$ 360.500,00(trezentos e sessenta mil e quinhentos reais);
    Passagem Franca: R$ 180.250,00(cento e oitenta mil, duzentos e cinquenta reais).

  3. Meu vcs só podem é ser a[aixonados pelo Alberto Barros. Qual é o pecado em o governo estadual liberar dinheiro para o carnaval no interior? e o que o assessor de comunicacão tem haver com isso?

  4. Tem e muito haver, até porque ele propaga que a prefeitura fez o melhor carnaval. Quanto a receber dinheiro do Estado não tem nenhum problema, o problema é que receberam toda essa quantia e fizeram um carnaval com bandas ruins e se fosse em outros tempo ele já teria gritado que a prefeitura havia recebido o dinheiro. Há comentários de donos de bandas que foram contratadas por um quantia e pagaram outro. Quanto ser apaixonado….eu gosto mesmo é da danada da raxada, anel de couro para é mim amigo, só para sair M…

  5. Dá p ver q esse lendro andrade e esse cardosinho sao a msm pessoa, e pelo nivel das palavras e pela mentalidade, dá p ver tb q nao tem credibilidade nenhuma.. Não tem a mínima noção do que é a despesa de uma festa tão grande como a de Codó. Carnaval não é só banda. É toda uma infraestrutura de camarotes, banheiros, barracas, pagamento de 300 seguranças, ornamentação, incentivos a blocos, escolas de samba.. Enfim, mta coisa pra pouco cérebro, vc não iria entender msm…

  6. Concorso contigo alberto Barros, mas é no mínimo estranho não divulgar que recebeu o dinheiro, pensando que a população não ía saber, né danadinho, tú tá com raiva, porque pegou um piza do Cornofoliakkkkkkkkkkkk

Deixe um comentário