Coleta de assinatura para Projeto Popular segue em ritmo acelerado

Na manhã deste sábado, dia 14, na Paróquia Santa Terezinha, a Coordenação da Rede de Defesa dos Direitos da Cidadania – Núcleo Codó colheu mais duzentas assinaturas para o Projeto de Lei de Iniciativa Popular do Programa Minha Casa Minha Vida.

O Objetivo do Projeto de Lei é destinar quinhentas unidades habitacionais do PMCMV para as famílias desabrigadas pela enchente do Rio Itapecuru no ano de 2009.

Se a coleta de assinaturas prosseguir neste ritmo, a meta será alcançada na próxima semana e o projeto será protocolado no legislativo no dia 23 deste mês ainda.

Toda a população, principalmente os assinantes do projeto, será convidada para protocolar e comparecer à Câmara de vereadores no dia da votação do 1º Projeto de Lei de Iniciativa Popular da história de Codó.

FONTE : www.lutasocialista.blogspot.com

Um comentário sobre “Coleta de assinatura para Projeto Popular segue em ritmo acelerado”

  1. Se são 1000 casas para o sorteio.
    até onde eu sei cerca de 300 = 30% já estão certas para os alagados segundo boatos a pedido do MPE.
    100 = 10% deve ser para idosos
    30= 3% para deficientes
    segundo noticia o governo, existem mais de 11000 cadastros de pessoas que sonham ter uma casa, entre eles os alagados idosos e deficientes, e claro todo o resto como eu, fazendo as contas só sobraram 570 casas pra todo o resto dispultar no tapa.
    então não dismerendo os desabrigados, que ja estão em suas casas em sua maioria, existem cerca de 100 pessoas que realmente perderam suas casas, estes sim devem ter mais chances que os demais que só estão em area de risco mais tem casa, e os como eu que nem casa tem vive de aluguel acho que 500 casas é muito no inicio é claro pois depois serão feitas mais casas já está até limpo o local.
    eu acho justo é eles ganharem as 300 casas agoras e dar mais chaces para os demais e no proximo sorteio das novas casas eles ganharem mais 200 e ai sim fechando as 500 e assim todos ficamos satisfeitos.
    e até lá o está proximo não vejo a hora de sair do alugel.

Deixe um comentário