Comerciários e empresários se entendem e comércio lojista fecha as portas

Andrey Nogueira, Ribeiro e Luciano Viana
Andrey Nogueira, Ribeiro e Luciano Viana

Na manhã de ontem (17) o presidente do Sindicato dos Comerciários, Antonio Francisco Ribeiro, e o vice-presidente, Luciano Viana, estiveram nas ruas fiscalizando o fechamento do acordo com a Associação Comercial e Câmara de Dirigentes Lojistas de abrir no sábado das Padroeiras de Codó (10/agosto) e fechar no seguinte (17/agosto).

Luciano gostou do que viu e disse que teve problemas apenas na periferia.

 “95% foram alcançados, notificamos os que não cumpriram e eles vão aguardar para serem penalizados…ISSO OCORREU MAIS NA PERIFERIA? Com certeza, na periferia vemos aqui que no centro tá tudo fechado, todos cumpriram, né, o acordo”, disse

Ribeiro considerou um avanço no  entendimento entre as duas categorias.

 “Quando há este acordo, quando o comerciante respeita os nossos direitos como comerciários todo mundo ganha. Ganha nós da categoria laboral e também ganha o patrão”, disse o presidente

Andrey Nogueira, que preside a Associação Comercial também esteve no centro e elogiou a postura dos empresários que colaboraram com o acordo.

 “Tem muita gente que trabalha nas fábricas, no interior quer vir no fim de semana para a cidade fazer suas compras, mas isso foi compensado pelo sábado passado e agora vamos batalhar para o próximo evento a gente ver e recuperar estes prejuízos”, concluiu lembrando que um dia fechado para o comércio é sempre um dia a ser recuperado financeiramente

3 comentários sobre “Comerciários e empresários se entendem e comércio lojista fecha as portas”

  1. esses fechamanto de comercio nos dias santos como e ,so acontece em cidade do interior na maioria do nordeste,pois nas grande regioes so se fecha no dia oficial mesm,temos parar com isso, é por isso que o país nao vai pra frente tb ,uns dos motivos tem muito feriados santos ae ,

Deixe um comentário