CONCURSO: Candidato a procurador do município de Codó denuncia descaso

Um candidato ao cargo de procurador do município de Codó, identificado como Elízio Dias, que participará do concurso dia 19 de junho, nos enviou uma e-mail onde expõe sua indignação com a NÃO disponibilização da LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO DE CODÓ que consta na lista de leis a serem estudadas para a prova. Abaixo a íntegra:

………………………………………………………………………………………………………………………..

Prezado blogueiro Célio Trindade,

1- Sou candidato ao cargo de procurador do município de CÓDO-MA;

2- Ocorre que no mês de maio, bem como neste mês de junho, venho tentando baixa a Lei Orgânica do Município de Códo, mas não tenho conseguido, qualquer outra lei é possível baixar;

3- Depois de tentar em distintos computadores e não conseguir, liguei para a procuradoria do município reclamando – falei com o Sr. Santos e Sra. Graça, em dias distintos, ressalte-se que solicitei para ambos que enviassem para o meu e-mail, a lei ora em comento, prometeram que enviariam, não obstante nunca enviaram (isso é um desrespeito com todos os cidadãos e não somente comigo), pois apresentei o caso a um técnico, ora em questão, ele disse que foi utilizado um programa para retirar a lei da postagem, ela está constando no portal da legislação, no entanto o seu conteúdo não está inserido no local, e mais, ela está no edital do concurso, ora em andamento.

4- Conforme abaixo enviei uma mensagem reclamando e solicitando providências à Banca Sousândre, mas ela nunca providenciou o restabelecimento da lei no portal de legislação do Município de Códo-MA.

5- Solicito ao Senhor Célio Trindade, que envie-me a Lei orgânica do município de Códo-MA, bem assim que divulgue este descaso dos representantes do Município, ora em voga, bem como da banca do certame, ora em questão.

Atenciosamente,

ELIZIO DIAS

Deixe um comentário