Consumidores de Codó dizem que o preço do camarão está mais salgado que o produto

Camarão

O camarão é um dos principais alimentos da semana santa, mas em Codó tá difícil manter o hábito este ano por uma razão que mexe com todo consumidor – o preço.

A maioria compra no mercado central e no local tem pra todo gosto e bolso. O camarão vendido por seu Martinho Sousa Barros vem direto de São Luís, com os acréscimos naturais do negócio. O quilo na mão dele custa R$ 30,00.

“É porque eu compro lá de 300 kg, quatrocentos kgs, boto um preço melhor….QUANTO TÁ O QUILO LÁ? A gente compra à R$ 20,00, mas só que a gente freta carro pra trazer a gente até aqui”, respondeu seu Martinho

Foi o mais barato que encontramos, mas já foi um preço que espantou, de vez, O LAVRADOR José Almeida, que garantiu

“eu não venho mais aqui não porque já tá assim, nos dias grandes vai tá pior”.

SUPERMERCADOS E MERCEARIAS

Nos supermercados, a menor porção embalada não sai por menos de R$ 15,00. Se for levar o quilo, tem de R$ 33,00 e de R$ 38,00.

Um pouquinho mais em conta de que nas mercearias da cidade que também vendem o produto, só que a R$ 40,00 reais o quilo. Para o aposentado, José Cardoso, com quem conversamos, está muito caro

“tá caro, porque a gente ganha pouco, aí compra um camarão de R$ 40,00, aí vai comprar as outras coisas, não dá conta”, reclamou-se

REAJUSTES

Como ainda há a possibilidade de reajustes, as alternativas começam a surgir na cabeça do consumidor. Seu Benedito Martins, dentista, vai complementar a compra.

“Comprar uns peixinhos, tem que comprar o peixe pra interar…MAS O CAMARÃO VAI? O camarão tem que ir, é o principal”, respondeu

Seu Armando Castro, apesar de também vê-lo como principal, já decidiu que este principal vai perder espaço na mesa este ano para a sardinha.

“Vou não, esse ano não vou comer camarão não, comer sardinha, peixe mesmo, mas não dá pra encarar camarão de R$ 40,00 (…) aquela casca, quando tirar a casca e tirar a cabeça não dá meio quilo’, conclui

Deixe uma resposta