Defesa de Biné contra-ataca e revela que governo de Zito já recebeu dinheiro das caixas d’água gigantes quase todo

Biné 'não colocou um palmo de cimento"
Biné ‘não colocou um palmo de cimento”

A TV Cidade, por meio do programa Balança Codó, apresentado pelo jornalista, Jeroan Almada, dedicou parte do noticiário, ontem, à apresentar uma contestação dos fatos alegados pelo secretário de infraestrutura, Márcio Esmero, por meio da assessoria de comunicação do governo municipal, que disse que o problema no projeto dos reservatórios gigantes que nunca funcionaram é anterior ao governo  de Zito Rolim.

Jeroan disse que Biné Figueiredo, prefeito até 2008, e o deputado estadual Camilo Figueiredo, apenas conseguiram os recursos, mas não o utilizaram. Quem desenvolveu toda a obra que nunca funcionou foi o prefeito Zito Rolim.

“O prefeito Biné Figueiredo não colocou um palmo de cimento nessa obra, a obra toda quem fez foi o Zito. O Biné e o Camilo apenas conseguiram o projeto”, disse com firmeza

Jeroan 'não tiveram competência de resolver"
Jeroan ‘não tiveram competência de resolver”

QUANTO JÁ FOI LIBERADO

Almada mostrou documentos extraídos do Portal da Transparência do Governo Federal que provam os números do CONVÊNIO 612380, firmado com o Ministério das Cidades.

O valor das caixas d’água com o sistema de abastecimento que salvaria Codó é de exatos R$ 4.564.107,00. O Portal também mostra o quanto o município já recebeu para executar o projeto – nada menos que R$ 4.147.812,00, ou seja, quase tudo. A última liberação ocorreu no dia  18 de março de 2010.

Diante destes fatos, o apresentador fez duras críticas e questionou a competência de Zito e Esmero que, até agora, nunca se mostraram capazes de concluir a obra.

“O prefeito fez esses reservatórios em 2009 e só agora em 2013 o secretário de obras me vem com essa desculpa esfarrapada, isso aqui é pra enganar besta rapaz. – Está paralisada por problemas no projeto original – disse lendo a notícia no blog – e o prefeito não teve competência e o senhor secretário também não teve competência para corrigir as falhas, se é que elas existem, em 2009, em 2010, 2011, 2012, sete meses do ano de 2013, vocês não tiveram competência pra corrigir esses problemas”, disse Jeroan

PALAVRAS DO SECRETÁRIO

Ontem o blog esteve com o secretário Márcio Esmero. Ele voltou a afirmar que o problema não tem nada a ver com a atual administração e, sem explicar que problemas foram esses, falou sobre o que aconteceu.

“Fomos analisar o projeto e foi constatado algumas falhas, diante disso, a própria Caixa Econômica reconheceu o erro e foi passado para nós reformularmos o projeto. Diante disso, nós reunimos nossa equipe técnica, juntamente com a equipe da Caixa Econômica, nós reformulamos esse projeto e estamos esperando agora o aval, justamente do Ministério das Cidades, detentor do programa de saneamento nacional, estamos esperando esse aval para que possamos dar continuidade ao projeto já reformulado”, garantiu

E O DINHEIRO?

Questionamos sobre o valor do projeto de abastecimento que envolve as três caixas d’água gigantes e quanto ainda resta. Esmero garantiu que ainda há muito dinheiro guardado no banco esperando a conclusão do trabalho, segundo ele ninguém mexeu no que não devia e só há liberação quando há obra feita.

“Todo o projeto que falta executar os recursos estão garantidos na Caixa Econômica Federal, quando executados serão pagos, prova disso está no Portal da Transparência, qualquer portal hoje pode ter a transferência voluntária de recursos, tá lá dizendo e tem aqui a própria secretaria de infraestrutura que tem todos os arquivos básicos que mostram que tudo que foi executado já foi pago, agora o que não está executado ainda não pode ser pago”, concluiu

9 comentários sobre “Defesa de Biné contra-ataca e revela que governo de Zito já recebeu dinheiro das caixas d’água gigantes quase todo”

  1. Rapaz, essa gente num se emenda, têm a convicção de que o povim é completamente idiota…é idiota, mas nem tanto…quer dizer que o dinheiro tá guardadim no banco e ninguém mexeu….quéquéquéqué….eu sei o nome do banco: BANCO ……. quéquéquéquéqué.

  2. É querer chamar a população de tola, quando o Secretário fala que o dinheiro esta guardado na conta. Mas não na conta da Prefeitura!!!

    Dr , tolo é você quando diz que um projeto de tamanha envergadura esta parado devido a erro no projeto e que o mesmo foi iniciado na administração passada…

    Se existe erro de projeto, a equipe de governo a qual você faz parte, foi quem errou!!! Não fiscalizou o dinheiro do povo, pois tem benefício … em projetos sem execução comprovada.

    Uma administração pública repleta de energúmenos demagogos!!!

    Tenha santa paciência Doutor?!?!

  3. Sim vamos atras das respostas: os poços do projeto atendem a capacidade do reservatorio, as bombas não tinham que serem substituídas. O chiquinho do saae disse na câmara que não estava certo eu ouvi isso. E será q podemos ir a caixa para ver se o dinheiro esta lá. Mostre as claras Acelio. Não enigmas

  4. VOU INICIAR O MEU COMENTÁRIO COM UM PEDIDO AO SENHOR ACÉLIO TRINDADE. POR FAVOR, SENHOR ACÉLIO, NÃO CORTE AS PALAVRAS, PRECISO EXPLICAR A REALIDADE SÔBRE O CONVÊNIO 612380, CELEBRADO ENTRE PREFEITURA E O MINISTÉRIO DAS CIDADES, NO VALOR DE R$4.564.107,00 DESTINADO A SUPRIR A NECESSIDADE DO AUMENTO DA OFERTA DE ÁGUA NA CIDADE DE CODÓ. PORTANTO, HÁ UMAS INVERDADES NAS PALAVRAS DO SECRETÁRIO MARCIO ESMERO. AFIRMO COM CONVICÇÃO, DEVIDO O EXTRATO FORNECIDO PELO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL ONDE CONSTA O VOLUME DE 90,87 POR CENTO JÁ LIBERADO. EU ACHO QUE, TANTO OS MUNICÍPES QUANTO O GOVERNO MUNICIPAL DEVEM AGIR COM O MÁXIMO DE RESPEITO ÀS VERDADES. NÃO ACEITAMOS FANTASIAS NA TENTATIVA DE ENGANAR A POPULAÇÃO. COMO PODEM, USUFRUINDO DOS RECURSOS CONVENIADO,
    DIZER QUE A CULPA É DO EX-PREFEITO BINÉ FIGUEIREDO. ENFIM, CONFORME AS PALAVRAS DO SECRETÁRIO, PARA QUE TENHAMOS A CERTEZA DOS SEUS DIZERES, TORNA-SE NECESSÁRIO A APRESENTAÇÃO DO EXTRATO DE CONTA, EXISTENTE NA CAIXA, COM VISIBILIDADE DO SALDO DO CITADO CONVÊNIO. A AUSÊNCIA DESTE PROCEDIMENTO, PODEREMOS CONSIDERAR QUE O GOVERNO CUIDANDO DA SUA GENTE USOU OS RECURSOS PARA OUTRAS FINALIDADES.

  5. O secretário não disse que é culpa de BIne, ele ressaltou um problema no projeto e a fiscalização da caixa detectou. E o dinheiro para finalizar a obra está na caixa… falta o aval do ministério para a mudança. Até o engenheiro do SAAE sabe disso ele comentou nos corredores aqui do prédio

Deixe um comentário