Delegado luta para manter quadrilha de roubo de motos na cadeia

Da quadrilha que vem aterrorizando motociclistas nos últimos dias a polícia prendeu mais um – William da Silva Santos, de 22 anos.

Em menos de 15 dias, Carlos Saraiva Azevedo, o Buchinho, de 18 anos, que também pertence à ela, voltou para a ser preso pelo mesmo motivo.

Desta vez além de mais duas motos recuperadas, o delegado também apreendeu duas armas de fogo em poder de Carlos (revólver calibre 38 e uma berêta 22).

“É uma quadrilha extensa que envolve menores, corrupção de menores, tem 3 menores envolvidos, 8 maiores envolvidos e tem dois receptadores, então é uma quadrilha extensa de elementos, onde nessas duas semanas foram recuperadas 16 motos roubadas (…) o William faltava ser preso, infelizmente ele não está no flagrante, mas todos eles vão ser indiciados”, disse Rômulo Vasconcelos à imprensa

 RECUPERADAS

Todas as 16 motos estão sendo entregues. Registramos a felicidade de dona Maria José Sousa Santos  ao reencontrar a motocicleta que usava para vender confecções, furtada pela quadrilha havia 15 dias.

 “Tô contente, to muito nervosa…MAS TÁ FELIZ? To muito feliz graças à Deus…PORQUE A SENHORA UTILIZA ISSO PRO TRABALHO DA SENHORA? É, utilizo pro meu trabalho”, respondeu feliz

MANTER NA CADEIA

O delegado regional, Rômulo Vasconcelos, agora concentra-se numa forma de manter os presos na cadeia uma vez que nenhum foi detido em flagrante.

Explicou que foi por isso que Carlos Azevedo (o Buchinho) voltou às ruas  e acabou roubando mais motos.

“TODOS ELES vão ser representados pelas suas prisões preventivas e os menores pelas internações provisórias”, concluiu

Deixe uma resposta