Deputado Zito Rolim fala sobre a importância do dia 30 de novembro para a comunidade evangélica de Codó

O Dia do Evangélico, comemorado no município de Codó anualmente em 30 de novembro, foi celebrado e lembrado com uma mensagem especial do deputado estadual Zito Rolim (PDT). Em suas considerações, o parlamentar ressaltou a importância da data, não apenas para a comunidade evangélica, mas para todos os codoenses.

“É uma data muito especial para nossa comunidade evangélica, para as famílias codoenses e, em especial para mim, que tive a honra e a oportunidade de eternizar, quando então prefeito, este momento, sancionando a Lei que instituía o dia 30 de novembro como Dia Municipal do Evangélico, como forma de valorizar este seguimento religioso, suas congregações, Pastores, as famílias e a juventude, que tem no período uma série de atividades voltadas ao aprimoramento espiritual e religioso”, declarou.

O Dia Municipal do Evangélico em Codó

A Semana da Cultura Evangélica, assim como a instituição do Dia Municipal do Evangélico, teve início em 2010, no segundo ano de governo do então prefeito Zito Rolim, que junto com o Conselho de Pastores, contribuiu para a valorização deste seguimento religioso, revelou talentos e incentivou a manifestação cultural de jovens pertencentes às diversas congregações evangélicas de Codó, além de trazer grandes artistas da música gospel para o município.

Em 2010, foi a primeira vez na história do município de Codó que a comunidade evangélica teve o seu dia ratificado oficialmente pelo governo, elevando a auto-estima de um público que cresce a cada ano.

“Sempre procuramos valorizar e promover o respeito e a tolerância entre todos os seguimentos religiosos na cidade de Codó, que possui uma população de grande fé. Fico muito feliz em testemunhar que a data do Dia do Evangélico se perpetuou em nosso calendário municipal. Hoje, quero homenagear todos os evangélicos de nossa cidade e parabenizar a todos líderes deste seguimento religioso que ajuda a administração pública e a sociedade na promoção da educação, da fé e da paz, tendo como alicerce os fundamentos da Bíblia, que é fazer o bem e servir ao próximo com amor”, concluiu o deputado.

Deixe uma resposta