DIOCESE – Codoenses da paróquia de São Raimundo são pioneiros na procissão do fogaréu

Dona Francisca  da Silva saiu pelas ruas do bairro São Raimundo (Trizidela)  dando  ritmo à procissão do fogaréu realizada na noite da última quarta-feira (27). Os tambores fazem parte e ela os conhece como ninguém.

“todo desde criança, é tradição da família”, garantiu a idosa de 66 anos

I Procissão do Fogaréu de Codó
I Procissão do Fogaréu de Codó

A túnica comprida, o capuz cônico e pontiagudo, o fogo. Tudo segue um sentido – representam um momento histórico do cristianismo registrado quando  soldados romanos seguiam em marcha até o Monte das Oliveiras onde prenderiam Jesus, após a traição de Judas.

“Nós estamos apresentando a grande procissão do fogaréu que marca também a prisão de Jesus, justamente no momento em que ele se entrega às orações no monte das oliveiras”, explicou o jovem Alex da Luz Cunha, um dos participantes

A PEÇA

E quem participa também teve a  oportunidade de reviver o momento da prisão encenado por jovens da paróquia num palco montado, especialmente para a ocasião, no pátio do Centro Paroquial de São Raimundo.

O motorista, José Raimundo Silva, que assistiu à tudo disse que o momento levou os fiéis à uma reflexão.

“traz pra nós uma reflexão. Judas traiu Jesus e traz uma reflexão pra gente refletir nos dias de hoje. Será que nós não estamos traindo á Jesus de alguma maneira?’, questionou

PELA PRIMEIRA VEZ

Depois a procissão seguiu até a meia noite,  com Jesus preso. Foi a primeira vez que o fogaréu foi realizado em Codó e a primeira dentro das mais de 15 cidades que integram a Diocese de Coroatá.

“A gente quis trazer essa experiência nova pra comunidade, nunca tinha acontecido na nossa Diocese, pelo nosso conhecimento, ainda não(…) pelo visto o pessoal gostou”, explicou David Frazão

Gostou mesmo. Os mais velhos quiseram ser parte do novo momento.

 “Tô gostando demais…porque é lindo , é bom a gente assistir e andar junto”, elogiou a aposentada Maria da Graça Lima

Os mais jovens se impressionaram com a forma da procissão que saiu chamando a atenção por onde passou.

“chama muito atenção, até porque a pessoa quer saber o que está acontecendo, chama muito a atenção do povo”, destacou a estudante Joana Maximiano

3 comentários sobre “DIOCESE – Codoenses da paróquia de São Raimundo são pioneiros na procissão do fogaréu”

Deixe um comentário