Dr. Francisco Magalhães orienta sobre a importância do teste do olhinho

Entre os testes feitos em recém-nascidos, o do OLHINHO ainda é o mais impopular. É uma questão cultural dentro de alguns municípios que vem de muitos anos.

Dr. Francisco Magalhães fazendo teste do olhinho
Dr. Francisco Magalhães fazendo teste do olhinho

Quando dona Maria do Carmo da Conceição foi mãe, em Codó,  não ouviu nem falar neste tipo de teste.

 “QUANTOS FILHOS A SENHORA TEVE? 8…QUANTOS PASSARAM PELO TESTE DO OLHINHO? Nenhum…NA SUA ÉPOCA NÃO FAZIA? Fazia não”, respondeu a aposentada de 57 anos de idade

Este  teste é muito importante. De acordo com os oftalmologistas muitas doenças graves que atacam a visão podem ser diagnosticadas logo nos primeiros meses de vida da criança.

Dados da Organização Mundial da Saúde mostram que pelo menos 10% dos bebês podem nascer com algum problema de visão, explicou  especialista Dr. Francisco Magalhães – com as chamadas doenças congênitas.

“As crianças já nascem, realmente, com essas doenças, Catarata, Glaucoma, doenças da retina e quando nasce com essas doenças a gente já encaminha par o tratamento adequado, principalmente, o cirúrgico que é no caso da Catarata”, disse o oftalmologista

E o teste é simples, sem dor e rápido.

 “Quando você não ver  reflexo vermelho pode ter algum problema, então pode encaminhar  para o médico oftalmologista  e a gente  então avalia com mais precisão e se tiver o reflexo, digamos, esbranquiçado, que é o da catarata, a gente já pode detectar se é catara ou então algumas outras doenças e faz o diagnóstico diferente”, completou Dr. Francisco

Com a informação chegando à um número de mães cada vez  maior, cresce o interesse.

Numa oportunidade, aberta pelo serviço público de saúde esta semana em Codó no CAM (Centro de Atendimento Médico), 50 levaram seus bebês para serem avaliados, inclusive vovó Maria do Carmo que deu à netinha Larissa tratamento diferente do que receberam os filhos.

 “Me interessei, porque aí a gente sabe que as coisas é melhor…SAÚDE? sabe da saúde, se tá bem se tá mal”, revelou satisfeita

Dos três filhos de Magali melo, Cauã foi o primeiro a passar pelo teste do OLHINHO e a sensação da mãe foi  a de quem não deixará os próximos sem o importante exame.

 “Já tinha visto falar sim, mas não sabia da importância, essa é a primeira vez (…) feliz, graças a deus tá tudo bem com o olho dele”, concluiu a recepcionista

Deixe uma resposta